PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Técnico do PSG: "Não tenho medo de perder Neymar por não ser titular"

Neymar, durante partida entre PSG e Real Madrid - REUTERS/Susana Vera
Neymar, durante partida entre PSG e Real Madrid Imagem: REUTERS/Susana Vera

Do UOL, em São Paulo

26/11/2019 20h46

O técnico do PSG, Thomas Tuchel, afirmou que não teme que Neymar saia do PSG por ter começado no banco de reservas na partida contra o Real Madrid, hoje, válida pela Champions League.

O brasileiro entrou no início do segundo tempo no duelo. O Real chegou a abrir 2 a 0, mas os franceses buscaram o empate.

"Não tenho medo de que vamos perder Neymar por não ser titular. Eu falei com ele e preferia que jogasse o segundo tempo. Ele esteve fora por seis semanas, só jogou uma partida antes deste jogo e para mim não era necessário correr esse risco", disse o treinador.

Neymar estava se recuperando de lesão e voltou a jogar na última sexta-feira, na vitória sobre o Lille por 2 a 0, pelo Campeonato Francês. Ele começou como titular e ficou em campo até os 19 do segundo tempo, quando deu lugar ao francês Kylian Mbappé.

Tuchel justificou a decisão de ter iniciado o duelo de hoje sem o brasileiro. "Não queríamos que ele se machucasse novamente. Precisávamos defender muito e foi por isso que tomei essa decisão. Era minha responsabilidade pela saúde dele. Não era a hora de mudar nossa estrutura e tivemos quatro jogadores jogando desta maneira. Neymar não era necessário, porque tínhamos que correr muito. Não sabia se ele poderia fazer isso durante todo o jogo", afirmou.