PUBLICIDADE
Topo

Corinthians procura Grêmio por Luan, mas salário alto é empecilho

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek e Samir Carvalho

Do UOL, em Porto Alegre e São Paulo

25/11/2019 19h29

O Corinthians procurou o Grêmio nas últimas semanas e fez uma consulta sobre a situação de Luan, em vias de entrar no último ano de contrato em Porto Alegre. O interesse alvinegro esbarra no alto salário do meia-atacante, que está entre os três maiores vencimentos do time. O empecilho contrasta com um cenário que indica saída do camisa 7.

Aos 26 anos, Luan puxa a fila de jogadores que devem deixar a Arena do Grêmio em 2020, conforme já mostrou a coluna De Primeira.

Segundo ouviu o UOL Esporte, o Corinthians vê o negócio como quase impossível. O valor do salário de Luan, na faixa de R$ 1 milhão, se soma a postura do Grêmio. O clube gaúcho não abre mão de compensação financeira para liberar o jogador antes do fim do contrato. O acordo com o time gremista até pode ser alcançado com jogadores envolvidos. Mas ainda restaria o 'tema salarial'.

A política financeira do Corinthians aponta para um valor máximo salarial de R$ 600 mil. Faixa de vencimentos ocupada, atualmente, por Cássio, Fagner e Gil. Todos atletas identificados com o clube e que colecionam conquistas com a camisa alvinegra.

O contrato entre Grêmio e Luan termina em dezembro do ano que vem e não existe indicativo de renovação. Os valores atuais são considerados caros e o rendimento do jogador não motiva o clube gaúcho a se mobilizar atrás de uma prorrogação.

Futebol