PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Landim fala sobre sonho por Neymar: "não estamos preparados para isso"

Neymar comemora título do Flamengo imitando Gabigol - Reprodução/Instagram
Neymar comemora título do Flamengo imitando Gabigol Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/11/2019 22h33

Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, comentou sobre o sonho de contar com o atacante Neymar no elenco do Rubro-Negro. O assunto se intensificou nas últimas semanas, depois de uma visita do Neymar pai ao Ninho do Urubu, CT do Fla, acompanhando Marcão, pai do meia Gerson, e o advogado Marcos Motta.

Ontem (23), Juca Kfouri, blogueiro do UOL Esporte , afirmou que ter Neymar por empréstimo e o acerto com um novo patrocinador eram os sonhos rubro-negros para a próxima temporada.

"A gente tem muito pé no chão. A gente sabe o que é o Neymar para o futebol mundial. Ninguém faz loucura. Não foi fazendo loucura que chegamos onde chegamos. Se um dia tivermos uma oportunidade numa equação financeira, o Flamengo vai fazer. Acho que não é para este momento de carreira dele, nem para o nosso momento. Não estamos preparados para isso", disse, ao SportTV, o mandatário, ao chegar em uma festa privada por conta do título.

Após a final da Libertadores, em que o Flamengo venceu o River Plate (ARG), de virada, Neymar publicou um vídeo celebrando os gols do atacante Gabigol. O camisa 9 rubro-negro é namorado da irmã de Neymar.

Landim ainda fez críticas à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), ressaltando o calendário de 2020.

"Teremos um desafio grande ano que vem. Um calendário terrível, com mais uma Copa América. Inacreditável. Somado a isso, datas de eliminatórias, Olimpíada. Então, temos a chance de perdermos jogadores para a seleção nacional e estrangeiras. Mas já estamos conversando como fazer o nosso planejamento. Venho fazendo contatos com a nossa área do futebol", apontou.

O presidente do Flamengo comentou também sobre o atual elenco, salientando que pretende manter a base da equipe e que, com a maioria dos integrantes desta espinha dorsal, há contratos longos:

"Não temos interesse em nos desfazer desses jogadores. Nível de acerto [nas contratações] elevadíssimo. Temos contratos [com alguns] até 2021. A intenção é mantê-los, essa é a ideia", garantiu ele, salientando o sentimento de ser campeão da Libertadores e do Brasileiro:

"Felicidade. Felicidade e alívio porque todo um trabalho foi feito. Trabalho meticuloso ao longo do ano, com detalhes, procurando melhorias, com a possibilidade que tínhamos no mercado. Tivemos foco em todas as competições, não deixamos nenhuma de lado. Como dissemos, queríamos ganhar tudo que podíamos".

Flamengo