PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Fernando Diniz fica 'na bronca' com gol no fim: "Não poderia ter tomado"

Do UOL, em São Paulo

24/11/2019 22h26

Fernando Diniz, como era de se esperar, não ficou satisfeito com o resultado do São Paulo hoje (24), na Arena Castelão. O time do Morumbi vencia o Ceará até os 50 minutos do segundo tempo, quando levou o empate por 1 a 1 faltando dez segundos. Na jogada, chamou a atenção a exposição da equipe diante do último lance do confronto válido pelo Campeonato Brasileiro. Custou a vitória.

"A gente não poderia ter tomado [o gol], do jeito que foi, ganhando o jogo faltando 10 segundos e tomar gol de contra-ataque. Tínhamos jogadores que passaram da linha da bola sem necessidade, acabou custando a vitória", afirmou o treinador.

Há quatro jogos sem vencer no Brasileirão, são duas derrotas (contra Fluminense e Athletico-PR) e dois empates (Santos e Ceará, hoje), o técnico diz que é preciso concentração para suportar a pressão da torcida na próxima rodada, contra o Vasco, no Morumbi.

"A gente tem que estar conscientes da partida que fizemos, a insatisfação do torcedor é natural, temos que nos concentrar para fazer o melhor que pudermos e dar alegria para o torcedor."

Apesar de levar o empate no fim, o São Paulo mantém a vantagem de três pontos para o Internacional, sétimo colocado, que também empatou. Com a conquista do Flamengo da Libertadores, os seis primeiros da classificação garantiriam vaga na fase de grupos do torneio continental, desde que o Athletico, campeão da Copa do Brasil, mantenha-se nesse grupo.

"Time está vivo, é saber descansar o time para conseguir uma vitória contra o Vasco em um jogo importante para nosso objetivo, a Libertadores."

São Paulo