Topo

Palmeiras tem 17 atletas voltando de empréstimo, mas só um vai ter chance

Mano Menezes, técnico do Palmeiras, deve dar chances para Artur, do Bahia - Cesar Greco
Mano Menezes, técnico do Palmeiras, deve dar chances para Artur, do Bahia Imagem: Cesar Greco

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

22/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Além de pensar em como vai utilizar as suas categorias de base em 2020, o Palmeiras se planeja para receber 17 atletas
  • De todos, apenas Artur, que está no Bahia, já foi aprovado por Mano Menezes para receber chance
  • Outros 16 nomes dificilmente terão chances e devem entrar novamente no mercado.

Além de pensar em como vai utilizar suas categorias de base em 2020, o Palmeiras se planeja para receber 17 atletas que estão emprestados nesta temporada e voltam para a Academia de Futebol na próxima temporada. De todos, apenas Artur, que está no Bahia, já foi aprovado por Mano Menezes para receber chance.

O atacante tem se destacado sob o comando de Roger Machado na equipe de Salvador e pode chegar para uma posição que não teve testes bem-sucedidos neste ano, como os casos de Felipe Pires, que já não está mais no elenco, e Carlos Eduardo.

Internamente, inclusive, lembram que Artur é cria das bases que precisou ser emprestado para ganhar rodagem, a exemplo do que aconteceu com Victor Luís. Além de ter ido bem no Brasileirão, o jovem de 21 anos tem sido convocado para a seleção olímpica.

Outros 16 nomes dificilmente terão chances e devem entrar novamente no mercado. São os casos do goleiro Vinicius, do CRB, Thiago Martins, do Yokohama Marinos, Emerson Santos, no Internacional, Matheus Salles, do Coritiba, Allione, do Rosário Central, e Guerra, também no Bahia.

Juninho seria outro que retornaria, mas teve parte de seus direitos adquiridos pelos baianos e continuará na Fonte Nova em 2020.

Ainda há os casos de Papagaio, que saiu de um empréstimo do Atlético-MG para o Goiás, e Yan, que chegou a ser treinar entre os profissionais, mas foi emprestado ao Sport. Os dois provavelmente seguirão sem chances.

A lista ainda tem nomes das categorias de base que não tiveram tantos minutos entre os profissionais, mas estão rodando times de menor porte em busca de uma afirmação no Alviverde. Pedrão, do América-MG, Matheus Rocha, do Vitória, Matheus Neris e Leo Passos, no Londrina, Kaue, no Sampaio Correa, Airton, no Oeste, Gabriel Leite, no Mirassol e Wesley, no Vitória.

Palmeiras