Topo

Futebol


Grêmio tenta blindagem contra negócios e indefinições para ficar no G-4

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

22/11/2019 04h00

O Grêmio tem tentado criar uma blindagem em relação às indefinições e negócios para 2020. O plano já está em curso e envolve jogadores, diretoria e comissão técnica com a ideia de manter o foco na reta final do Campeonato Brasileiro. Mais especificamente na vaga direta à Libertadores do próximo ano. A ideia foi adotada após exposição de atrito no clube.

Diego Tardelli, ontem (21), fugiu ao padrão. O atacante comentou mensagem de um torcedor no Instagram e desnudou a provável saída do Grêmio ao final do Brasileirão.

Afora o caso de Tardelli, o Grêmio tem driblado perguntas sobre 2020. Inclusive jogadores.

"Eu só estou pensando nos jogos do Grêmio, daqui até o final. Estou focado em conseguir a vaga à Libertadores. Informação sobre transferência eu não sei. Estou focado no Grêmio e depois férias. Ninguém sabe o que vai acontecer no ano que vem", disse Kannemann.

O clube ainda não se manifestou sobre os contratos que terminam em dezembro - entre eles o caso de Léo Moura, aos 41 anos e com desejo de seguir em Porto Alegre.

O único tema que é unanimidade e está sendo tratado abertamente é Renato Gaúcho. A renovação do treinador segue avançando e pode ser anunciada antes do final da temporada.

Dono de 56 pontos, o Grêmio é quarto colocado e ainda encara Palmeiras, Athletico, São Paulo, Cruzeiro e Goiás.

Futebol