Topo

Flamengo "esquece" festa do Rio por calma para jogar final da Libertadores

Jogadores do Flamengo treinam em Lima, no Peru, antes de final da Libertadores - Leo Burlá / UOL
Jogadores do Flamengo treinam em Lima, no Peru, antes de final da Libertadores Imagem: Leo Burlá / UOL

Leo Burlá e Rodrigo Mattos

Do UOL, em Lima

21/11/2019 16h40

Após a apoteose que marcou a saída do Flamengo do Rio de Janeiro, a delegação rubro-negra quer deixar o clima de festa para trás e tenta se concentrar integralmente no River Plate, rival da final da Libertadores, que acontece neste sábado (23).

Depois do primeiro treino da equipe em solo peruano, o discurso dos rubro-negros foi de foco na decisão.

"Especial o momento que estamos vivendo, a comunhão está completa, os torcedores estão identificados com o clube. Quero a festa, mas depois do jogo", disse Filipe Luís.

Outro que manteve o discurso foi o goleiro Diego Alves. O camisa 1 disse entender a euforia do torcedor, mas pregou que o ambiente não seja contaminado por isso:

"A expectativa externa é muito grande, mas nós, profissionais, temos a cabeça tranquila.

O Flamengo faz amanhã (22) o treino de reconhecimento no Monumental, palco do grande jogo. Antes, a equipe volta a treinar em La Videna, casa da seleção do Peru.

Flamengo