Topo

Futebol


Titular do Atlético-MG, Di Santo produz vinho e já presenteou colegas

Franco Di Santo comemora gol pelo Atlético-MG - Divulgação/Atlético-MG
Franco Di Santo comemora gol pelo Atlético-MG Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

20/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Contratado em agosto, Franco Di Santo se tornou titular do Atlético-MG rapidamente graças ao bom futebol. Fora de campo, também se dá bem com o grupo
  • O argentino presenteou o elenco com garrafas do vinho que produz em Mendoza, na Argentina. Ele assina uma linha da bebida com o seu nome
  • A marca de vinhos do centroavante se chama DS9 e é produzida por seu pai. O atleta não comercializa as garrafas e tampouco consome bebida alcoólica

Franco Di Santo é jogador do tipo que se dedica e se doa em campo. Não há quem o defina de forma diferente no Atlético-MG. Há menos de quatro meses no clube, ele ganhou todo o grupo e conseguiu se entrosar facilmente com os colegas. O perfil simpático e altruísta fez com que aumentasse a produção de uma linha de vinhos assinada por ele para presentear os profissionais da Cidade do Galo.

Natural de Mendoza, na Argentina, o centroavante de 30 anos, que não consume bebida alcoólica, possui uma marca de vinhos criada por seu pai. A DS9 produz a bebida com uva Malbec, natural da região.

"Sou de Mendoza, então, por ser de lá, temos muitos bons vinhos, muitas boas uvas. Os melhores Malbecs são de Mendoza. Isso, combinado com a ideia de meu pai de fazê-lo, eu disse que era possível, principalmente porque queria deixá-lo feliz. Eu não tomo álcool. A verdade é que foi uma ideia de meu pai e dar a eles de presente", comentou em entrevista ao UOL Esporte.

Durante a viagem à terra natal para enfrentar o Colón, pela partida de ida da semifinal da Copa Sul-Americana 2019, o atacante entregou aos colegas de elenco e a outros profissionais do clube algumas garrafas do vinho produzido por seus familiares no país.

"Tenho uma linha de vinhos. Trouxe agora para o elenco, quando fomos jogar contra o Colón. Tive a chance de entregar a alguns companheiros. Não pude dar a todos, porque era difícil. Mas alguns já me falaram: 'quando vai me dar uma garrafa?'. Na próxima vez que minha família vier, vou trazer. É um hobby, não para a venda. Me ofereceram trabalhar com o vinho, mas não quis que fosse um trabalho a mais agora. Prefiro me concentrar em campo e, depois, pensar em temas futebolísticos. No futuro, seguramente, posso vender os vinhos, mas agora é só para compartilhar com os amigos", avaliou.

Mas quem se interessar pelo vinho produzido por Di Santo terá que pedir como presente ou esperar um tempo até que o jogador comercialize as garrafas. Hoje, a produção é feita apenas por hobby de seu pai.

"Seguramente, no futuro, pode ser que eu venda [as garrafas de vinho]. Agora é só para dar de presente aos meus amigos", declarou.

Em campo, Franco Di Santo tem correspondido pelo Atlético. O atacante fez quatro gols em 1.231 minutos disputados pela equipe mineira.

Futebol