Topo

Futebol


Felipe Vizeu revela início de conversa com Udinese para ficar no Grêmio

Pedro H. Tesch/AGIF
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Do UOL, em Porto Alegre

19/11/2019 18h12

Felipe Vizeu revelou hoje (19) que já abriu negociação com a Udinese para ficar no Grêmio em 2020. Emprestado pelo clube italiano até dezembro, o atacante deseja seguir em Porto Alegre e o time gremista também tem interesse na prorrogação do contrato de empréstimo. O único porém é que os dirigentes gaúchos não desejam pagar por uma ampliação de vínculo.

Aos 22 anos, Vizeu teve rompimento de ligamento do joelho esquerdo e voltou a atuar no domingo, contra o Flamengo, depois de quatro meses afastado dos gramados.

"Já tivemos uma conversa, meus empresários entraram em contato. Sem dúvida a minha vontade, prioridade, é do Grêmio. Eu vim para jogar, fazer meu melhor, e acabei tendo um problema e fiquei um bom tempo parado. Claro que tenho muita vontade de ficar aqui", disse.

O Grêmio pagou cerca de 500 mil euros (R$ 2,3 milhões na cotação atual) pelo empréstimo de Felipe Vizeu. O valor foi diluído nos meses do contrato e por isso não foi considerado elevado. A ideia do Grêmio é que a Udinese empreste Vizeu até o final de 2020 sem custos. A lesão será um dos argumentos, pelo tempo que o jogador ficou fora dos gramados.

"Por um lado, é uma coisa positiva. Poxa, pelo o que o Grêmio pagou pelo empréstimo… Claro que a gente não espera se machucar. Além do tempo que fiquei machucado, a lesão foi bem grave, é complicado… Mas acredito que por esse lado a Udinese pode entender que é importante jogar aqui mais um ano. Vou tentar de tudo. Claro que eu entendo, conheço e sei como é a cabeça deles, mas acho que eles escutam bastante a vontade do jogador.

Revelado pelo Flamengo, Felipe Vizeu disputou 25 jogos pelo Grêmio e marcou cinco gols.

"Já discutimos, já iniciamos algumas conversas. Claro que está no começo… A prioridade agora é a reta final, continuar no G4 e ganhar as partidas finais. Continuar bem, assim, no lugar que estamos. Como está no início, não posso dizer com toda certeza. Mas estamos conversando e espero dar tudo certo para eu seguir no Grêmio.

Futebol