PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Com gol de pênalti de Messi, Argentina empata com Uruguai em 2 a 2

Argentina e Uruguai empataram em 2 a 2 em jogo amistoso, em Tel Aviv, nesta segunda-feira - EMMANUEL DUNAND/AFP
Argentina e Uruguai empataram em 2 a 2 em jogo amistoso, em Tel Aviv, nesta segunda-feira Imagem: EMMANUEL DUNAND/AFP

Do UOL, em São Paulo

18/11/2019 18h17

A Argentina empatou com o Uruguai por 2 a 2 em jogo amistoso hoje no estádio Bloomfield, em Tel Aviv. Com gol de Cavani, a Celeste saiu à frente no placar, sofreu o empate com gol de Aguero, recuperou o resultado com Suárez no segundo tempo e viu Messi empatar no último minuto.

A partida foi movimentada e equilibrada, com ambas as equipes pressionando bem e aproveitando contra-ataques.

O Uruguai, que vinha de vitória sobre a Hungria por 2 a 1, na sexta, viu novamente Cavani e Suárez como protagonistas — o primeiro abriu o placar no amistoso anterior, enquanto o último deu assistência para o segundo gol.

Já a Argentina, que venceu o Brasil por 1 a 0 no mesmo dia com gol de Messi, teve o jogador do Barcelona novamente sob os holofotes: foi dele a cobrança de falta que resultou no gol de Aguero e também o gol que igualou os marcadores.

Cavani e Suárez comemoram gol do Uruguai em amistoso em Tel Aviv - EMMANUEL DUNAND/AFP
Cavani e Suárez comemoram gol do Uruguai em amistoso em Tel Aviv
Imagem: EMMANUEL DUNAND/AFP

Logo aos 12 minutos veio a primeira chance da Argentina: Acuña deu um bom passe para Dybala, que chutou em direção ao gol, mas a bola desviou na marcação e saiu pela lateral.

A Celeste abriu o placar aos 33 minutos. Torreira, chegando pela ponta esquerda, lançou a bola para trás em direção a Suárez; o atacante cruzou de primeira para Cavani, que anotou o primeiro da partida. Foi o gol de número 50 do jogador com a camisa do Uruguai.

A Argentina ainda teve a chance de empatar antes do fim do primeiro turno, com Dybala recebendo a bola na grande área e mandando para o fundo do gol. No entanto, a bola resvalou em seu braço e, pelas novas regras da Fifa, ainda que involuntário, o toque invalidou o gol.

Reação argentina

Aguero e Messi foram os jogadores que garantiram o empate para a Argentina - AMMAR AWAD/AFP
Aguero e Messi foram os jogadores que garantiram o empate para a Argentina
Imagem: AMMAR AWAD/AFP

O segundo tempo teve início com uma Argentina mais ofensiva e o Uruguai se adaptando após a saída de Cavani para a entrada de Diego Laxalt. E foi aos 17 minutos que uma cobrança de falta de Messi levou os argentinos a igualarem o placar: o camisa 10 mandou a bola na área e Aguero subiu, garantindo o gol da alviceleste.

Aos 23 minutos, outro gol resultou de uma cobrança de falta, desta vez pelo lado do Uruguai. Suárez cobrou e mandou a bola por cima da barreira. O goleiro Esteban Andrada ainda tocou na bola, mas não o suficiente para evitar o gol.

Já aos 45 minutos de jogo, Messi conseguiu o empate com cobrança de pênalti

O jogo de hoje quase foi suspenso por causa dos confrontos na Faixa de Gaza, que se intensificaram ao longo das últimas semanas. Com o cessar-fogo na quinta, o governo israelense garantiu a segurança do amistoso. O Uruguai só confirmou oficialmente sua participação a dois dias da realização da partida.

Ouça o podcast Posse de Bola, a mesa redonda do UOL sobre futebol, com Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira.

Mais podcasts do UOL no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas

Futebol