Topo

Futebol


Adílson sobre derrota para a Chape: "Com todo respeito, não esperávamos"

do UOL, em São Paulo

17/11/2019 20h41

Após perder para a Chapecoense por 1 a 0 — com gol nos minutos finais — pela 33ª rodada do Brasileirão nesse domingo (17), o técnico do Ceará, Adilson Batista, admitiu que ficou surpreso com a derrota: "Era um resultado que nós não esperávamos, com todo respeito à Chapecoense."

O treinador assumiu a culpa e lamentou o gol não ter saído — o time cearense até balançou as redes com Chico, no segundo tempo, mas o gol foi anulado. Segundo ele, o seu time foi superior em volume e qualidade de jogadas, e a equipe adversária só conseguiu chances no contra-ataque. O resultado deixou o Ceará com apenas 36 pontos, só um acima da zona de rebaixamento.

Adílson pediu o apoio da torcida para os desafios que vêm pela frente: "É momento de pedir o apoio do torcedor, nós estamos fora da zona, mas está todo mundo embolado, a importância deles é nos ajudar para que os jogadores tenham apoio o suficiente."

O Ceará está na 15ª posição da tabela com 36 pontos. O time enfrentará o São Paulo no Castelão no domingo (24), e durante a semana na quarta-feira (27) visita o Flamengo fora de casa.

Marquinhos Santos, técnico da equipe adversária, concordou que sua equipe não teve bom desempenho, mesmo com a vitória. O treinador da Chapecó disse que esse foi um dos piores jogos tecnicamente falando para a sua equipe.

Para a Chapecoense a próxima rodada é com o Avaí na Ressacada no domingo (24), e na quarta (27) recebe o Botafogo. O time corre para deixar de ser o vice-lanterna do Campeonato Brasileiro.

Futebol