Topo

Bolsonaro chega calado, veste camisa do Santos e recebe gritos de 'mito'

Bolsonaro vesta camisa do Santos antes de clássico contra o São Paulo - Eder Traskini/UOL
Bolsonaro vesta camisa do Santos antes de clássico contra o São Paulo Imagem: Eder Traskini/UOL

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

16/11/2019 16h52

Jair Bolsonaro está na Vila Belmiro para acompanhar o clássico entre Santos e São Paulo. O presidente do Brasil chegou ao estádio acompanhado de José Carlos Peres e se dirigiu ao camarote do presidente do clube sem conversar com a imprensa.

Já no setor reservado, Bolsonaro vestiu uma camisa do time da casa, de número 10, e recebeu gritos de 'mito', principalmente vindos do setor das cadeiras cativas.

Em seguida, o presidente desceu para tirar fotografias com os torcedores do setor e voltou ao camarote acenando. Houve, ainda, algumas críticas a Bolsonaro.

O presidente assistiu ao primeiro tempo do jogo com bastante atenção, mais próximo ao vidro do camarote onde estava. Ele vibrou com o pênalti e o gol de Sánchez que abriu o placar para o Santos.

No intervalo permaneceu no camarote. O corredor dava acesso ao local foi fechado por policiais e os torcedores tiveram que dar a volta pela arquibancada para chegar ao outro lado, onde ficava um banheiro e outro bar.

No segundo tempo já não foi possível avistar Bolsonaro tão próximo ao vidro do camarote. O presidente deixou a Vila Belmiro pouco depois dos 30 minutos, aproveitando um momento de mais tranquilidade no lado de fora. A equipe de segurança dele impediu a utilização do elevador e das escadas para deixar a área por alguns minutos, até que Bolsonaro pudesse sair do local.

O clássico, que aconteceu em Santos, foi válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro e terminou em empate de 1 a 1. O Peixe foi a 65 pontos e seguiu na terceira colocação do torneio, enquanto a equipe da capital chegou aos 53 pontos, na quinta posição, mas pode ser ultrapassado pelo Athletico, que joga amanhã (17).

Santos