Topo

Futebol


Fla empata com Vasco em jogo histórico, e chance de título é adiada

Do UOL, no Rio de Janeiro

13/11/2019 23h27

Num dos melhores e mais eletrizantes jogos do Campeonato Brasileiro de 2019, Flamengo e Vasco empataram em um 4 a 4 histórico. O resultado acabou adiando a possibilidade de título brasileiro para Rubro-Negro já neste domingo (17).

Os gols foram de Bruno Henrique (2), Everton Ribeiro e Danilo Barcelos (contra) para o Fla; e de Marrony, Yago Pikachu, Marcos Júnior e Ribamar, aos 47 do segundo tempo, para o Vasco.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 78 pontos. com 11 de diferença para o vice Palmeiras, mas também com um jogo a mais. Já o Cruzmaltino foi para os 43 pontos e está praticamente livre do rebaixamento.

Partidaça no Maracanã

Quem achou que o Vasco iria somente se defender, se enganou. Jogando de forma franca e leal, mesmo tecnicamente inferior, o Cruzmaltino dificultou a vida do Flamengo, mesmo depois de o Rubro-Negro ter feito o 1 a 0 com 38 segundos de jogo.

Apesar de não se expondo tanto, o Cruzmaltino se lançou de forma organizada ao ataque e construiu seus gols ao se aproveitar de espaços na defesa adversária. Já o Flamengo, nas vezes em que balançou a rede, demonstrou a qualidade individual de seus jogadores.

Melhor do Flamengo: Bruno Henrique

O atacante, novamente, foi destaque em um clássico. O jogador, que não fez um bom primeiro tempo, conseguiu mudar a história do jogo na etapa final. Ele comandou o sistema ofensivo de sua equipe e empatou o jogo, quando o placar apontava 3 a 2 para o Vasco, e, depois, fez o quarto do time rubro-negro, garantindo o empate do time comandado por Jesus.

Melhor do Vasco: Yago Pikachu

Pelo lado vascaíno, Yago Pikachu fez, talvez, sua melhor partida do ano. Além da linda jogada que resultou no pênalti e em seu gol, também fez um belo passe na jogada convertida por Marcos Júnior. O atacante Marrony e o volante Raul foram outros que tiveram boas atuações.

Pior do Flamengo: Marí

O zagueiro espanhol não esteve em uma boa noite. Além de fazer parte de um setor que apresentou diversas falhas - dois dos três gols do Vasco nasceram pelo lado esquerdo da zaga -, acabou sendo driblado e permitiu que Pikachu entrasse na área e sofresse o pênalti.

Pior do Vasco: Danilo Barcelos

Pelo lado do Vasco, Danilo Barcelos acabou - ainda que involuntariamente - contribuindo efetivamente para um dos gols sofridos ao desviar o cruzamento de Rafinha e a bola morrer no fundo da rede. Além disso, teve alguns problemas para marcar o lateral direito.

Gol do Fla aos 40 segundos!

Após bela jogada individual pela esquerda, Reinier foi ao fundo, cruzou, ninguém do Vasco cortou e Everton Ribeiro chegou fuzilando para abrir o placar aos 40 segundos do primeiro tempo.

Vasco empata com Marrony

O Vasco chegou ao empate aos 33 minutos do primeiro tempo após Rossi cruzar para a área, Raul ajeitar de cabeça e Marrony fuzilar para o fundo do gol rubro-negro.

Vasco vira após linda jogada de Pikachu

A virada vascaína aconteceu três minutos depois, quando Yago Pikachu fez linda jogada individual, deu canetas em Pablo Marí e Rodrigo Caio e sofreu pênalti. O próprio polivalente jogador assumiu a cobrança e, chutando forte, colocou o Cruzmaltino na frente do placar.

Fla empata em infelicidade de Danilo

No último lance do primeiro tempo o Flamengo chegou ao empate, após Gabigol optar por rolar a falta para Rafinha ao invés de cobrar direto e o lateral direito cruzar direto. No meio do caminho, Danilo Barcelos tentou cortar, a bola desviou para enganar Fernando Miguel e foi morrer no fundo da rede.

Arbitragem dá gol contra de Danilo

Num primeiro momento, a arbitragem indicou que daria o gol para Rafinha. Porém, no intervalo, decidiram por assinalar como gol contra de Danilo Barcelos, apesar da "reivindicação" do lateral direito. "Tem que ser meu (o gol)", disse ao Premiere na saída do primeiro tempo.

Vasco na frente de novo! Que jogo!

Logo aos seis minutos do segundo tempo, Pikachu deu um lindo passe para Rossi. O veloz atacante foi ao fundo e cruzou para achar Marcos Júnior livre. O volante tocou com categoria no canto para colocar o Vasco novamente na frente.

Fla empata em contra-ataque rápido

Após o Vasco perder uma grande chance com Richard, o Flamengo engatou um contra-ataque fulminante com Bruno Henrique, que tocou para Arrascaeta. O uruguaio, com muita lucidez, devolveu para o atacante empurrar para a rede e empatar novamente.

Tinha mais, muito mais

Essa foi a dinâmica de um jogo realmente eletrizante. Bruno Henrique faria o quarto do Flamengo após bela jogada de Vitinho pela ponta direita, acertando um sem-pulo indefensável. Nos acréscimos, porém, o Vasco buscou a igualdade. Ribamar mostrou força física e oportunismo aproveitando saída atrasada de Diego Alves para cabecear para a rede.

Foi para a súmula?

Pouco antes dos 20 minutos do primeiro tempo, um copo foi atirado no gramado pela torcida do Flamengo. O árbitro viu e pediu para o quarto árbitro colocar na súmula: "Um copo, anota aí!".

Vasco na luta contra o racismo

Clube com histórico de combate ao racismo em seus primórdios, o Vasco exibiu a logomarca do Observatório da Discriminação Racial no Futebol no esterno de sua camisa no clássico de hoje contra o Flamengo.

A associação tem como objetivo monitorar, produzir relatórios e divulgar os casos de racismo no futebol, assim como ações informativas e educativas que visem erradicar o preconceito no esporte.

A chegada do Flamengo

A preparação do Vasco

FLAMENGO 4 X 4 VASCO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Bruno Raphael Pires (GO)
VAR: Bruno Arleu de Araújo (RJ)
Cartões amarelos: Gabigol, Rafinha, Filipe Luís, Willian Arão (FLA); Richard, Rossi (VAS)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Everton Ribeiro, aos 40 segundos do primeiro tempo (FLA); Marrony, aos 33 minutos do primeiro tempo (VAS); Yago Pikachu, aos 36 minutos do primeiro tempo (VAS); Danilo Barcelos (contra), aos 39 minutos do primeiro tempo (FLA); Marcos Júnior, aos 6 minutos do segundo tempo (VAS); Bruno Henrique, aos 20 minutos do segundo tempo (FLA); Bruno Henrique, aos 34 minutos do segundo tempo (FLA); Ribamar, aos 47 minutos do segundo tempo (VAS)

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Vitinho) e Everton Ribeiro (Piris da Motta); Reinier (Arrascaeta), Bruno Henrique e Gabigol.
Técnico: Jorge Jesus

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Raul (Gabriel Pec), Marcos Júnior (Bruno César) e Guarín; Rossi, e Marrony (Ribamar).
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Errata: o texto foi atualizado
Diferente do informado no parágrafo do texto que fala sobre o "melhor do Flamengo", a equipe empatou com o Vasco. O erro foi corrigido
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Futebol