Topo

Ausência de Guerrero obriga Zé Ricardo a sexta escalação diferente no Inter

Zé Ricardo terá que mudar o Inter de novo. Até agora ele não repetiu escalação - Ricardo Duarte/Inter
Zé Ricardo terá que mudar o Inter de novo. Até agora ele não repetiu escalação Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

13/11/2019 12h00

Resumo da notícia

  • Sem Guerrero, que serve à seleção peruana, Zé Ricardo precisará mudar o Inter mais uma vez.
  • Será a sexta escalação diferente do treinador em seu sexto jogo no comando do Inter.
  • Até então, ele procura a melhor formação do time e alterou jogadores em todos os setores.
  • Rafael Sobis é o mais cotado para substituir o peruano contra o Corinthians.

Zé Ricardo vai para sua sexta partida no comando do Inter, e terá a sexta escalação diferente. Dessa vez, o comandante será obrigado a mudar por conta da convocação de Paolo Guerrero para seleção peruana. Sem a possibilidade de sequência, o treinador utilizará a semana livre para encontrar alternativas ao time.

Ainda que tenha vencido o Fluminense no domingo, o Internacional não teve uma atuação de encher os olhos. O resultado trouxe o alívio no momento de tensão, com protesto da torcida e possibilidade de ficar distante do grupo de classificação para a próxima Libertadores.

A consolidação, porém, ocorrerá sob trocas. Muitas vezes forçado por imposição de suspensão e lesões, Zé Ricardo não conseguiu repetir uma vez sequer o time. Em entrevista coletiva no último domingo, ele lamentou precisar alterar tanto a equipe.

"Muitas vezes as trocas são forçadas, são situações que não temos controle. Lesões, jogadores que saem e voltam de suspensão. Teremos uma semana cheia para trabalhar, depois de cinco jogos em 17 dias, viagens e praticamente apenas conversa. Será importante para conseguirmos firmar algumas ideias", disse.

Em sua estreia, Zé não contava com D'Alessandro e Patrick, suspensos. Utilizou Wellington Silva, Neilton e Parede para abastecer Guerrero. Na zaga, Moledo esteve lesionado e deu lugar a Bruno Fuchs.

No segundo jogo, D'Ale, Moledo e Patrick voltaram ao time. No terceiro, D'Alessandro ficou no banco, Neilton voltou ao time, Patrick saiu e Wellington começou jogando. Heitor, suspenso, deu lugar a Bruno e Zeca a Uendel.

Para o quarto compromisso, D'Alessandro e Patrick foram novamente utilizados, Edenilson e Lomba estavam suspensos, Moledo teve um desconforto, e Pottker apareceu na direita. E para o último jogo, os suspensos voltaram e Moledo retomou titularidade.

Na vaga de Guerrero, a tendência é que Rafael Sobis atue. Foi o atacante de 34 anos que entrou nos minutos finais contra o Flu no lugar do peruano. Tréllez e Pedro Lucas, ou Pottker ou Nico López centralizados com a entrada de Parede são outras alternativas.

Confira as escalações utilizadas por Zé Ricardo:

Bahia 2 x 3 Inter - Marcelo Lomba; Heitor, Bruno Fuchs, Cuesta e Zeca; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Parede, Neilton e Wellington Silva; Guerrero.

Inter 1 x 1 Athletico - Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Cuesta e Zeca; Lindoso, Edenilson, Patrick, D'Alessandro e Parede; Guerrero.

Grêmio 2 x 0 Inter - Marcelo Lomba; Bruno, Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Wellington Silva, Neilton e Parede; Guerrero.

Ceará 2 x 0 Inter - Danilo Fernandes, Heitor, Bruno Fuchs, Cuesta e Uendel; Lindoso, Bruno Silva, Patrick, D'Alessandro e Pottker; Guerrero.

Inter 2 a 1 Fluminense - Marcelo Lomba; Heitor, Moledo, Cuesta e Uendel; Lindoso, Edenilson, Patrick, D'Alessandro e Pottker; Guerrero.

Internacional