Topo

São Paulo tem reunião antes do treino, e Raí cobra os jogadores

Jogadores do São Paulo treinam após reunião com cobrança de Raí - Marcello Zambrana/AGIF
Jogadores do São Paulo treinam após reunião com cobrança de Raí Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

12/11/2019 12h18

Resumo da notícia

  • Diretor de futebol já havia falado que derrotas recentes eram "inaceitáveis"
  • Reunião de Raí com o elenco atrasou início do treino de hoje em 40 minutos
  • São Paulo ainda luta por vaga na Libertadores e enfrenta o Santos no sábado

A reapresentação do São Paulo após a derrota para o Athletico foi agitada. Antes de os jogadores irem para o campo, foi realizada uma reunião com a diretoria de futebol. O executivo Raí conversou com o elenco e a comissão técnica. Segundo apurou o UOL Esporte, o tom foi de cobrança. O dirigente expôs o investimento que foi feito para a montagem do time, quais metas o clube pretende alcançar e o que espera que seja apresentado nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Por causa da conversa, o treino começou cerca de 40 minutos depois do esperado no CT da Barra Funda. Em geral, após as partidas, independentemente do resultado, a comissão técnica tem uma reunião com os atletas, onde os vídeos dos jogos são exibidos e discutido o que pode ser melhorado e o que deve ser repetido.

Raí costuma ter diálogo com o elenco. Antes de contratar Fernando Diniz, por exemplo, ele conversou com lideranças do time para ouvir a opinião deles, que passaram boas referências do treinador que fora demitido do Fluminense, em agosto.

O São Paulo briga por uma vaga na Copa Libertadores. Após a derrota no fim de semana, a equipe ocupa a quinta colocação na classificação geral do nacional, com 52 pontos. O clube sabe que não terá um caminho fácil para atingir a sua meta.

Neste sábado, na Vila Belmiro, o time enfrenta o Santos, terceiro colocado na classificação geral. Apesar da pressão da torcida depois de duas derrotas, o técnico Fernando Diniz continua com respaldo da diretoria do clube.

São Paulo