Topo

Guarín tem mais um mês de contrato com Vasco e sondagem de time de Beckham

Colombiano Fredy Guarin comemora seu gol pelo Vasco marcado sobre o Grêmio, em São Januário  -  Thiago Ribeiro/AGIF
Colombiano Fredy Guarin comemora seu gol pelo Vasco marcado sobre o Grêmio, em São Januário Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

12/11/2019 04h00

Tem passado rápido. Com um contrato firmado de apenas três meses, Fredy Guarín, a princípio, só tem mais um a cumprir pelo Vasco até o término do Campeonato Brasileiro. Com um gol e sete partidas disputadas, o colombiano ainda está com seu 2020 indefinido, apesar do desejo de atuar no futebol dos Estados Unidos e de ter recebido uma sondagem do Inter Miami (EUA), time do ex-jogador e astro inglês David Beckham.

A vontade de disputar a Major League Soccer (MLS) faz parte de um projeto de vida idealizado com a família de morar no país norte-americano. O Cruzmaltino, porém, pretende ainda estender seu contrato e conversas deverão acontecer neste sentido antes do encerramento do vínculo contratual, que será dia 31 de dezembro.

Além de cogitar a MLS, Guarín desperta o interesse de clubes colombianos. Segundo a imprensa local, o Millonarios e o Junior Barranquilla seriam as equipes interessadas.

O UOL Esporte, porém, apurou que, no momento, o volante não tem vontade de regressar ao seu país de origem e está priorizando Estados Unidos, Brasil ou Argentina - onde já defendeu o Boca Juniors.

Luxa tem o preservado

Em conjunto com a fisiologia e preparação física, o técnico Vanderlei Luxemburgo tem preservado Guarín em alguns momentos, como no último domingo (10), quando iniciou a partida no banco de reservas na vitória sobre o CSA por 3 a 0.

Com um longo tempo de inatividade - seu último jogo antes de se transferir para o Cruzmaltino havia sido no início de julho - ele ainda busca ritmo de jogo e forma física ideal.

Encanto pelo Rio

Um dos trunfos da diretoria vascaína para tentar manter Guarín por mais um tempo no clube está no Rio de Janeiro. O colombiano e a família estão encantados com a cidade, algo que pode pesar durante a negociação.

Vasco