Topo

Futebol


Ex-SPFC, Bruno Peres deixa Sport após um jogo e fica com futuro indefinido

Bruno Peres jogou apenas 14 minutos com a camisa do Sport - Divulgação/Sport Recife
Bruno Peres jogou apenas 14 minutos com a camisa do Sport Imagem: Divulgação/Sport Recife

José Eduardo Martins e Marcello De Vico

Do UOL, em São Paulo e Santos

12/11/2019 13h56

Resumo da notícia

  • Bruno Peres terá o contrato com o Sport rescindido antes da hora
  • Lateral direito jogou apenas uma partida com a camisa rubro-negra
  • "Não estava totalmente integrado ao nosso sistema", disse diretor do Sport
  • Bruno Peres pertence à Roma e não deve renovar com o São Paulo

Bruno Peres não joga mais pelo Sport. O clube pernambucano anunciou na manhã de hoje (12) que o lateral direito terá o contrato rescindido antes mesmo do fim do ano. O jogador de 29 anos pertence à Roma, da Itália, dona de seus direitos federativos, e chegou à Recife no fim de setembro repassado por empréstimo pelo São Paulo, que ainda paga parte de seus salários.

No pouco tempo em que ficou no Sport, Bruno Peres não conseguiu se firmar. Ele deixa a equipe com apenas uma partida na conta, e como reserva - ele jogou apenas 14 minutos com a camisa rubro-negra, na derrota por 1 a 0 para o Guarani, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

De acordo com Nelo Campos, diretor de futebol do Sport, Bruno Peres teve sua saída antecipada porque não estava integrado ao elenco. "Ficou decidido, em comum acordo, que ele sairia, já que ele não estava totalmente integrado ao nosso sistema e que o contrato dele acabaria daqui a quatro rodadas", afirmou o dirigente em áudio divulgado pela assessoria de imprensa.

"Foi um acerto em comum acordo entre as duas partes. Nada de extra, de campo, é um contexto geral de tudo. Ele chegou depois, não estava no mesmo ritmo do grupo. Foi de ambas as partes, foi tranquilo, tudo resolvido com muita tranquilidade, rápido. É um grande profissional e agora ele segue a carreira, como era previsto, ele vinha para terminar o ano só. Então, como ele não teve oportunidade, chegou depois, não conseguiu ter a chance que ele esperava", acrescentou.

Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador deve trabalhar a parte física até o fim do ano, enquanto define o seu futuro. Ele está emprestado ao São Paulo até o fim da temporada e não há nenhum sinal de que ele deve renovar o vínculo. Como ele tem contrato com a Roma até o fim de 2021, poderá voltar ao clube italiano ou ser repassado para outro time.

Futebol