Topo

Futebol


Mais racismo: Atleta do Sport relata 'pega o macaco' vindo de torcida rival

Rafael Martins, lateral direito do sub-20 do Sport - Anderson Stevens/Sport Club do Recife
Rafael Martins, lateral direito do sub-20 do Sport Imagem: Anderson Stevens/Sport Club do Recife

Do UOL, em Santos (SP)

11/11/2019 13h08

Resumo da notícia

  • Jogador do sub-20 do Sport relatou ter sido chamado de macaco
  • Jogo aconteceu no sábado, pelo Campeonato Pernambucano da categoria
  • Sport prestou solidariedade ao jogador, que desabafou no Twitter
  • Clube também lembrou os casos envolvendo Dentinho e Taison

Não foi só no clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG e na Ucrânia - com os brasileiros Dentinho e Taison - que atos racistas ofuscaram os jogos em si. Em uma partida do último sábado (9), válida pela semifinal do Campeonato Pernambucano Sub-20, contra o Barreiros, um jogador do Sport, Rafael Martins, relatou ter ouvido 'pega o macaco' vindo nas arquibancadas.

O lateral direito do Sport de apenas 17 anos fez uma postagem no Twitter lamentando o ocorrido e disse ter ouvido a mesma ofensa por mais de uma vez.

"Pensei que nunca iria acontecer isso comigo, mas hoje, no jogo contra o Barreiros, um torcedor gritou 'pega o macaco do 11', e não foi só uma vez. Fiquei pensando por minutos e me desliguei do jogo pensando naquilo. Vocês não têm noção do quanto é horrível", postou.

Rafael Martins ganhou apoio de vários torcedores e do próprio Sport, que usou as redes sociais para prestar solidariedade não só a seu jogador, mas também aos brasileiros Dentinho e Taison. Ambos foram vítimas de atos racistas em uma partida na Ucrânia.

O Sport venceu o Barreiros por 3 a 0 e, com o resultado, avançou para a grande decisão do Campeonato Pernambucano Sub-20. O adversário será o rival Náutico.

Mais do mesmo

Os atacantes brasileiros Dentinho e Taison foram vítimas de racismo durante clássico entre o Shakhtar Donetsk e o Dínamo de Kiev pelo Campeonato Ucraniano e se retiraram de campo chorando. Taison foi expulso por responder aos insultos exibindo o dedo do meio para os torcedores.

Já no Mineirão, em clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG, Um torcedor do Atlético-MG cometeu um ato de injúria racial durante a confusão generalizada ocorrida no Mineirão. Em discussão com um membro da equipe de segurança contratada pelo estádio, um torcedor do Galo disparou: "olha a sua cor".

Futebol