Topo

UOL Esporte vê TV


Caio Ribeiro cobra punição a atos racistas envolvendo brasileiros

Caio Ribeiro, comentarista da TV Globo - Reprodução / TV Globo
Caio Ribeiro, comentarista da TV Globo Imagem: Reprodução / TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/11/2019 14h40

Caio Ribeiro aproveitou o Globo Esporte SP desta segunda-feira para cobrar uma resposta aos casos de racismo do último domingo. Após rever tanto os insultos dirigidos a Taison e Dentinho, jogadores do Shakhtar Donestk, no jogo contra o Dínamo de Kiev, quanto a discussão entre um torcedor do Atlético-MG e um membro da equipe de segurança no clássico contra o Cruzeiro, o comentarista pediu 'punições exemplares' aos envolvidos.

"No caso do Brasil, está fácil de identificar o torcedor. Banir de qualquer dependência do Atlético-MG. Lá fora, acho que a UEFA tem que interceder. Se ela punir exemplarmente o clube, talvez a gente consiga corrigir o comportamento de algumas torcidas", opinou Ribeiro.

Já o apresentador Felipe Andreoli aproveitou o tema para criticar a sede de Brasil X Argentina, amistoso disputado nesta sexta-feira, às 14h.

"Boa, Caio. Vamos falar da seleção brasileira, que vai jogar na Arábia Saudita, país que discrimina as mulheres, que proíbe outras religiões a não ser o islamismo. (...) A Alemanha não joga em país que discrimina as mulheres. Todo dia é um 7 a 1 diferente", alfinetou.

Dérbi injusto?

O empate entre Palmeiras e Corinthians no último sábado, para Caio Ribeiro, não traduziu a partida. Destacando a superioridade alviverde, principalmente no segundo tempo, o comentarista afirmou que o time de Mano Menezes merecia a vitória.

"(Resultado) Mais amargo para o Corinthians, que tinha a vitória nas mãos. Mas, o resultado é pior para o Palmeiras, porque jogou muito mais bola. Se tivesse que sair um vencedor deste clássico, seria o Palmeiras", disse o ex-jogador.

"Acho que foi (injusto). Pelo que as duas equipes jogaram, o Palmeiras merecia a vitória. Pelas oportunidades, pelo volume de jogo, principalmente no segundo tempo, o Palmeiras foi muito superior", completou.

Com o empate no Dérbi, o Flamengo, que venceu o Bahia de virada, abriu dez pontos de vantagem em relação ao Palmeiras e, para Ribeiro, será campeão brasileiro com 'três ou quatro' rodadas de antecedência.

"Ele (Gabigol) e o Bruno Henrique estão jogando demais. O Flamengo vai ser campeão com três ou quatro rodadas de antecedência. Esses dois estão jogando muita bola", afirmou.

São Paulo e Corinthians na Libertadores?

Por fim, Ribeiro falou sobre as chances de São Paulo e Corinthians disputarem a próxima Libertadores. Destacando que tanto tricolores quanto alvinegros torcerão para o Flamengo ser bicampeão da América, o comentarista cravou que ambos os clubes estarão na Pré-Libertadores em 2020.

"São Paulo e Corinthians estarão na Pré-Libertadores, e torcerão loucamente pelo Flamengo no dia 23 para abrir mais uma vaguinha", disse Caio.

Vale lembrar que, caso o Flamengo vença do River Plate na final, o Campeonato Brasileiro classificará mais uma equipe para a próxima edição da Libertadores.

UOL Esporte vê TV