Topo

Podcast

Posse de Bola


Arnaldo Ribeiro: "Sampaoli cairia melhor no Palmeiras do que o Mano"

Do UOL

Em São Paulo

11/11/2019 13h01

O Palmeiras empatou com o Corinthians no Pacaembu no sábado e viu o Flamengo se distanciar na liderança do Campeonato Brasileiro, agora com 10 pontos de vantagem faltando apenas seis rodadas para o fim da competição. Com a possibilidade cada vez maior de fechar a temporada sem títulos e sem vencer um clássico com o maior rival, Mano Menezes voltou a ter seu trabalho criticado por torcedores.

O episódio desta semana do podcast Posse de Bola abordou durante o primeiro bloco a situação do clube paulista e a perda da paciência dos torcedores com o estilo de jogo adotado por Felipão, que rendeu o título brasileiro em 2018 e que teve poucas mudanças com Mano.

"Está batendo a água no pescoço dos técnicos brasileiros e vou falar no caso específico do Palmeiras, a torcida está repelindo esse jogo. Depois do empate do fim de semana, as críticas para cima do Mano foram muito grandes da própria torcida. 'Queremos outro tipo de jogo'. Está havendo esse movimento", afirmou Eduardo Tironi.

Para Arnaldo Ribeiro, um técnico como o argentino Jorge Sampaoli cairia melhor no Palmeiras do que Mano Menezes, mesma situação que ele coloca em relação ao próprio Tiago Nunes no Corinthians e a outros clubes brasileiros.

"Fora o Renato no Grêmio, por toda a questão da ligação umbilical dele com o Grêmio, eu não vejo vantagem mesmo o Mano no Palmeiras e o Tiago no Corinthians, são dois técnicos do padrão brasileiro, mesmo eles eu não vejo vantagem em relação a um estrangeiro com ideias novas. Eu acho que o Sampaoli cairia melhor no Palmeiras do que o Mano e cairia melhor no Corinthians do que o Tiago", afirma Arnaldo.

Mauro Cezar Pereira também analisou a atuação do Palmeiras no clássico com o Corinthians e reforçou que o vice-líder do Campeonato Brasileiro mostrou pouca criatividade para vencer o clássico diante de um rival comandado por um técnico interino.

"É uma pequena variação do mesmo estilo de jogo, fica um pouco mais com a bola, mas cria muito pouco. No sábado nós vimos que o Palmeiras teve menos posse de bola que o Corinthians, sendo mandante, jogando em casa, lutando pelo título, com a torcida ao seu lado e o Corinthians com técnico interino que assumiu e está no segundo jogo, o Coelho nem treinou, praticamente nem treinou", afirmou o jornalista.

"O que nós vimos foi 33 bolas despejadas na área, uma pressão na força e na qualidade maior do time do Palmeiras, que é um elenco melhor que o time do Corinthians. Mas você não vê jogadas, não tem jogo coletivo, isso tem que ser treinado", completou.

Posse de Bola: quando e onde ouvir

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Posse de Bola