Topo

Futebol


Jogadores admitem partida ruim, mas citam Atlético melhor e valorizam ponto

Do UOL, em Belo Horizonte

10/11/2019 19h37

Resumo da notícia

  • Cruzeiro e Atlético-MG fizeram clássico muito pobre no Mineirão e empataram por 0 a 0
  • Jogadores do Atlético reconheceram atuação aquém do esperado, mas valorizaram empate
  • Com a igualdade, Galo foi aos 40 pontos e fica próximo de se livrar da ameaça do rebaixamento

Os jogadores do Atlético-MG reconheceram que a equipe fez uma partida aquém da esperada no clássico contra o Cruzeiro, partida que terminou com o empate de 0 a 0 no Mineirão. Após a partida, Fábio Santos e Otero falaram sobre a baixa produção do Galo, mas valorizaram o pontinho que pode ser importante na luta contra o rebaixamento.

"Acredito que tudo que a torcida espera, competitividade, a gente deixou dentro de campo. Não foi o clássico que as pessoas esperavam, pelo nível, mas o empate não é de se jogar fora. Mesmo assim é pouco perto do que a gente espera do Atlético no Campeonato Brasileiro", comentou o lateral Fábio Santos.

Após um início mais animador do Cruzeiro, o Atlético equilibrou a partida no primeiro tempo. Na etapa final, o Galo marcou mais presença no ataque, mas não conseguiu transformar suas jogadas em gol. O atacante Otero também valorizou a igualdade dentro de campo, mas disse ter visto o time alvinegro jogar melhor durante os 90 minutos.

"Acho que a gente controlou bem o jogo. Eles tiveram posse de bola, mais ataque, mas a gente controlou isso, nosso trabalho defensivo foi bom. Tentamos marcar no contra-ataque, mas também não deu certo. Acho que o empate foi bom, a gente queria ganhar, mas não deu. Agora é pensar no que vem pela frente", disse o venezuelano, um dos atletas mais participativos do Galo em campo.

Com o resultado, o Galo segue ligeiramente melhor que o rival na tabela. Agora, a equipe tem 40 pontos e está próximo de atingir a pontuação suficiente para se manter na primeira divisão.

Futebol