Topo

Futebol


Inter vence Fluminense e derruba o Corinthians de grupo da Libertadores

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

10/11/2019 17h57

O Internacional venceu o Fluminense e entrou novamente no grupo de classificação da próxima Libertadores. Na tarde de hoje (10), no Beira-Rio, o placar foi 2 a 1, pela 32ª rodada do Brasileiro, dois gols de Pottker, para o Colorado, Wellington Nem para o Flu. Quem deixa o grupo de classificação à competição continental é o Corinthians.

O time paulista empatou clássico com Palmeiras ontem e ficou com 49 pontos. A vitória deixou o Inter com a mesma pontuação, mas na frente graças ao número de vitórias (14 contra 12). O time gaúcho é sétimo, o paulista é oitavo. O Flu parou com 34 na classificação e segue sob ameaça da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada o Colorado encara o Corinthians, domingo, em São Paulo. Já o Fluminense terá pela frente o Atlético-MG, sábado, em casa.

Foi bem: Pottker retoma veia goleadora

William Pottker foi contratado pelo Inter como artilheiro. Goleador do Campeonato Brasileiro de 2016, do Paulista de 2017. No Colorado ainda não foi quem mais marcou, mas neste domingo retomou seus melhores momentos. Oportunista, fez dois gols ainda no primeiro tempo.

Foi mal: Muriel falha em gol do Inter

Muriel enfrentou o Inter, clube de sua formação, pela primeira vez. E falhou. Rebateu um chute despretensioso de Paolo Guerrero e Pottker conferiu abrindo o marcador.

Organizadas protestam, D'Alessandro responde

As torcidas organizadas do Internacional protestaram muito. Sem cânticos de apoio, apenas de cobrança, desde antes da partida os aficionados gritavam: "tem que ter raça para jogar no Beira-Rio", e também "time sem vergonha". D'Alessandro respondeu. Chamou o estádio para apoiar o time, com gestos usando as mãos e sinalizando aos aficionados. A torcida apoiou o elenco, vaiou as organizadas. Mas o clima foi de silêncio, cobrança e vaia durante muitos momentos da partida. No intervalo, o protesto seguiu na organizada Guarda Popular. O restante do estádio aplaudiu o time, que vencia. D'Alessandro fez sinal aplaudindo os torcedores que vibravam. No segundo tempo, a organizada Camisa 12, que estava em protesto silencioso, começou a cantar apoiando a equipe.

Uendel completa 100 jogos sob vaias

Uendel completou 100 jogos com a camisa do Inter neste domingo. Porém, o clima não foi de festa. Quando a escalação do Inter foi anunciada no sistema de som, o jogador foi vaiado. E a cada vez que tocava na bola, também ouvia vaias da torcida presente.

O jogo do Inter: Oportunismo e VAR acalmam ambiente

O Internacional começou a partida sob ameaça e pressão da torcida. Organizadas não cantavam pelo time, apenas contra, cobrando raça e xingando jogadores. Mas o campo tratou de acalmar o ambiente. O time começou inseguro, errando passes, sem inspiração ou objetividade, deixando o Flu criar chances. Mas a partir dos 20 minutos, as rédeas do confronto foram tomadas pelos donos da casa. Não demorou para Muriel falhar em batida de Guerrero e Pottker, oportunista, marcar. Em seguida, um lance polêmico em cobrança de escanteio contou com rebatida em Cuesta e sobra para Pottker fazer o segundo. Rodolpho Toski Marques consultou o VAR e deu gol da equipe gaúcha. No segundo tempo, o Inter se fechou e apostou no contra-ataque e acabou cedendo espaço para o gol de Wellington Nem.

O jogo do Fluminense: Flu não marca no começo e vaza

O Fluminense começou o jogo em cima do Inter. Pressionou, criou chances, obrigou Marcelo Lomba a trabalhar. Utilizando o lado esquerdo de ataque às costas de Heitor, o time carioca chegou sempre perigosamente. Yony González foi arma importante, mas parou no goleiro do Colorado. Aos poucos, o Flu foi "empurrado" para trás e vazou na falha de Muriel e em seguida em escanteio. Dois atrás no marcador, o time tentou o ataque, descontou e pressionou até o fim do jogo.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL 2 X 1 FLUMINENSE
Data
: 10/11/2019 (Domingo)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques
Auxiliares: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn
Árbitro de vídeo: Paulo Roberto Alves Júnior
Renda: R$ 258.458,00
Público: 13.251 (11.180 pagantes)
Cartões amarelos: Heitor, Pottker, Guerrero (INT); Gilberto, Ganso (FLU)
Cartões vermelhos: Ailton (auxiliar técnico do Fluminense)
Gols: William Pottker, do Inter, aos 35 minutos e aos 40 minutos do primeiro tempo;Wellington Nem, do Fluminense, aos 26 minutos do segundo tempo;

INTERNACIONAL
Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Edenilson, Pottker (Nico López), D'Alessandro (Parede) e Patrick; Paolo Guerrero (Sobis).
Técnico: Zé Ricardo

FLUMINENSE
Muriel; Gilberto, Digão, Nino e Caio Henrique; Yuri Lima (Lucão), Daniel, Allan e Nenê (Wellington Nem); Yony González e Marcos Paulo (Guilherme).
Técnico: Marcão

Futebol