Topo

Futebol


Tiago Nunes assina com o Corinthians até o final de 2020

Tiago Nunes, ex-técnico do Athletico-PR, assinou vínculo com o Corinthians hoje - Gabriel Machado/AGIF
Tiago Nunes, ex-técnico do Athletico-PR, assinou vínculo com o Corinthians hoje Imagem: Gabriel Machado/AGIF

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/11/2019 13h20

Resumo da notícia

  • Tiago Nunes assinou hoje (7) o contrato até o fim da próxima temporada
  • Anúncio oficial do Corinthians deve ocorrer ainda no início da noite desta quinta-feira
  • Desejo de Tiago Nunes de acerto antecipou assinatura prevista entre sexta e sábado
  • Tiago chega com cinco integrantes na comissão técnica; pacote custa R$ 850 mil

Tiago Nunes é o novo técnico do Corinthians. Segundo apurou o UOL Esporte, o treinador assinou contrato com o clube paulista na tarde de hoje (7). O ex-técnico do Atheltico-PR assinou o vínculo até o fim da próxima temporada e só assume o time no campo em 2020. O anúncio oficial deve ocorrer no início da noite desta quinta-feira. Hoje ainda haverá a primeira reunião presencial entre o novo comandante do Timão e a cúpula corintiana.

Os dirigentes esperavam a assinatura até o próximo fim de semana, mas o desejo do treinador colaborou para que o "bom desfecho" fosse antecipado. A diretoria também sabia que os torcedores estavam preocupados com o caso por conta das entrevistas de Tiago Nunes e do presidente Andrés Sanchez, que não haviam "cravado" o acerto ontem (6). Após a vitória contra o Fortaleza, o mandatário não confirmou a contratação, mas se mostrou confiante: "ninguém fala não para o Corinthians".

Tiago Nunes chega ao Corinthians com mais cinco profissionais: os auxiliares Evandro Fornari e o ex-meia Kelly, o analista de desempenho Pedro Sotero, e o preparador físico Túlio Flores. Um nome ainda não foi revelado. O "pacote" todo custará aos cofres do clube R$ 850 mil mensais.

O treinador foi contratado com a missão de findar a "era Carille" no clube paulista. É consenso na diretoria que não dá mais para o Corinthians ficar jogando como "time pequeno", com medo de sofrer gols do adversário, fato que aconteceu nos últimos anos e, principalmente, com Fábio Carille e Jair Ventura, entre 2018 e 2019.

A tese de que o Corinthians sempre ganhou título jogando na "retranca" é bastante contestada no Parque São Jorge. O título brasileiro de 2015, quando o time foi campeão com a melhor defesa e melhor ataque da competição, sob o comando de Tite, é o maior exemplo para derrubar esse argumento.

Tiago Nunes foi contratado para o lugar de Fábio Carille, demitido após a goleada sofrida para o Flamengo por 4 a 1, no Maracanã, no último domingo. Além dos maus resultados, o treinador "perdeu o vestiário", fato que pesou para a decisão da diretoria corintiana.

Futebol