Topo

Futebol


Confusão antes de Bota x Fla termina com bala de borracha e gás de pimenta

Bernardo Gentile e Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

07/11/2019 19h58

O clima nos arredores do Nilton Santos antes do clássico entre Botafogo e Flamengo não foi nada agradável. Com poucos ingressos, os rubro-negros ameaçaram comprar no setor do rival durante toda a semana. Nesta noite, os alvinegros ficaram buscando pessoas que não estivessem com a camisa do clube, o que poderia sugerir que fossem flamenguistas.

Alguns poucos rubro-negros foram identificados e o clima esquentou. Algumas agressões leves ocorreram. Com medo de a situação descambar, a polícia entrou em ação e disparou bombas de efeito moral e disparou alguns tiros de bala de borracha para desfazer a confusão.

Apesar da confusão, nenhuma queixa foi dada no Jecrim (Juizado Especial Criminal), no Nilton Santos. Apenas uma jovem torcedora com a camisa do Flamengo e acompanhada do pai botafoguense tentaram entrar no setor alvinegro e foram barrados.

A medida conteve os botafoguenses mais exaltados, mas também gerou uma grande correria. Mulheres, crianças e até idosos se viram no meio da confusão, mas nada de mais grave aconteceu.

Vale ressaltar que a polícia está fazendo um pente fino para entrar nas ruas que dão acesso ao estádio. Só passa quem tiver o ingresso para determinado setor, o que impediu o encontro de torcedores rivais.

Confusão segue dentro do Nilton Santos

Após o início do jogo, a confusão seguiu dentro do Nilton Santos. Vários focos de confusão foram vistos em sua maioria envolvendo torcedores do Botafogo agredindo pessoas que não estavam com a camisa do clube.

Futebol