Topo

Futebol


Motim no Napoli: jogadores burlam ordem de concentração do presidente

Time do Napoli antes do jogo contra o Salzburg, pela fase de grupo da Liga dos Campeões - Alberto Pizzoli/AFP
Time do Napoli antes do jogo contra o Salzburg, pela fase de grupo da Liga dos Campeões Imagem: Alberto Pizzoli/AFP

Do UOL, em São Paulo

06/11/2019 09h44Atualizada em 06/11/2019 11h46

O Napoli poderia ter se tornado nesta terça-feira a primeira equipe classificada para as oitavas de final da Liga dos Campeões, mas desperdiçou a oportunidade ao empatar com o Red Bull Salzburg em 1 a 1 no estádio San Paolo, pela quarta rodada. Imediatamente após a partida, o clube mergulhou em uma "crise".

O técnico Carlos Ancelotti deixou o estádio sem falar com a imprensa, o que é praxe após os jogos da Liga, assim como os jogadores do clube italiano. De lá, o elenco ignorou a ordem do presidente De Laurentiis, que pediu que todos os jogadores ficassem fechados na concentração até sábado, quando o time volta campo pelo Campeonato Italiano.

Segundo o jornal As, ontem, antes da partida com o Salzburgo, os jogadores já haviam informado ao treinador e ao filho do presidente a decisão de não voltarem a Castel Volturno, sede do clube, e cada um foi para casa.

O clube comunicou mais tarde que vai tomar medidas legais contra os jogadores e também contra Ancelotti. "O clube continuará a defender seus direitos econômicos, de imagem e disciplinares nas instâncias correspondentes", declarou em nota.

Diante da situação, Ancelotti optou por não falar com os jornalistas após o jogo, apesar de ser uma de suas obrigações com a UEFA, e voltou ao centro técnico. A UEFA agora avalia se vai multar o Napoli por não cumprir o combinado.

A decisão de confinar o time foi anunciada na segunda-feira por De Laurentiis. Ancelotti discordou da decisão, mas inicialmente disse que a aceitava. O dirigente disse à rádio Kiss Kiss, de Nápoles, que sua decisão não era uma punição e sim "uma chance para a equipe se conhecer melhor".

Apesar do bom desempenho na Liga, o time não vive um de seus melhores momentos no Campeonato Italiano. O clube está em sétimo lugar na Série A e venceu apenas um dos últimos cinco jogos do torneio.

Futebol