Topo

Brasileirão - 2019


Corinthians bate Fortaleza com dois de Boselli e vence na estreia de Coelho

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/11/2019 21h28

Coelho estreou, e o Corinthians venceu. No primeiro jogo do técnico interino, substituto de Fábio Carille, o time alvinegro contou com dois gols de Mauro Boselli para superar o Fortaleza pelo placar de 3 a 2, na Arena Corinthians, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Além do argentino, Júnior Urso também balançou as redes pelo lado corintiano no jogo de hoje (06). Romarinho e Kieza marcaram para os visitantes.

O resultado positivo alivia a pressão sobre o Corinthians. O clube alvinegro interrompe uma sequência de oito jogos sem triunfos e vai aos 48 pontos, retomando o embalo na briga por um lugar na próxima edição da Copa Libertadores. O Fortaleza, por outro lado, permanece com 36 pontos e na zona intermediária da tabela.

Enfim com uma vitória nesta reta final de competição, o Corinthians tem pela frente o clássico contra o Palmeiras, no sábado, às 19h (de Brasília), no estádio do Pacaembu. O Fortaleza também encara um duelo regional pela frente: enfrenta o Ceará, domingo, às 19h, no Castelão.

Quem foi bem: Mauro Boselli

Boselli abraça Janderson: argentino anotou dois gols na vitória do Corinthians - Daniel Vorley/AGIF
Boselli abraça Janderson: argentino anotou dois gols na vitória do Corinthians
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

Dois gols e uma resposta. O argentino, preterido durante a maior passagem de Fábio Carille, ganhou uma chance como titular e se mostrou decisivo para a vitória corintiana. Já são seis gols no Campeonato Brasileiro, número que deixa o camisa 17 como o artilheiro da equipe na competição.

Quem foi mal: Michel Macedo

O substituto de Fagner teve uma má atuação diante do Fortaleza. Os dois gols da equipe nordestina saíram no setor do lateral direito. No primeiro, o espaço na ala fez Júnior Urso tentar cobrir. No segundo, após rebote, a bola sobrou no lado direito da defesa antes de chegar em Kieza.

Pedrinho em nova função

Pedrinho atuou mais centralizado e participou de maneira decisiva do primeiro gol corintiano - Bruno Ulivieri/AGIF
Pedrinho atuou mais centralizado e participou de maneira decisiva do primeiro gol corintiano
Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

O gol de empate do Corinthians no primeiro tempo, marcado por Mauro Boselli, contou com uma jogada de Pedrinho em seu novo posicionamento. Com Fábio Carille, ele só pôde jogar do lado direito. Hoje, o meia foi escalado por dentro no esquema 4-1-4-1, mas do lado esquerdo. O camisa 38 tabelou com Danilo Avelar, aos 36 minutos, antes de chutar cruzado e ver a bola sobrar para o argentino, tocar rasteiro na saída do goleiro Felipe Alves.

Coelho usa 4-1-4-1 de Carille, mas com nova postura

Dyego Coelho estreou como vitória; interino pode permanecer até o fim do ano na função - Bruno Ulivieri/AGIF
Dyego Coelho estreou como vitória; interino pode permanecer até o fim do ano na função
Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

O técnico interino Coelho escalou o time no 4-1-4-1, mesmo esquema tático utilizado por Fábio Carille, demitido no último domingo. No entanto, a equipe teve uma postura nova e troca de posicionamento. O Corinthians jogou com as linhas altas, marcou pressão e correu bastante. Em determinados momentos do jogo, todos os atletas de linha estavam no campo do adversário, períodos em que o time alcançou mais de 70% de posse de bola.

Coelho também mudou o posicionamento dos jogadores. Mateus Vital e Janderson atuaram abertos, com Junior Urso e Pedrinho por dentro. Boselli, como sempre, no comando do ataque. Os laterais também apoiaram bastante. Michel Macedo muito mais, já que Danilo Avelar ficava para fechar como três zagueiros e encaixar nos atacantes do Fortaleza.

Ceni lê defeitos corintianos e é presenteado

Time de Rogério Ceni conseguiu aproveitar os espaços deixados pelo Corinthians - Bruno Ulivieri/AGIF
Time de Rogério Ceni conseguiu aproveitar os espaços deixados pelo Corinthians
Imagem: Bruno Ulivieri/AGIF

Rogério Ceni, aliás, sacou Wellington Paulista na escalação inicial para deixar o time mais rápido. A velocidade do contra-ataque do Fortaleza se mostrou a melhor arma possível para amenizar a pressão corintiana. Desta forma, o time visitante abriu o placar. Bruno Melo aproveitou o espaço deixado por Michel Macedo e ganhou na corrida de Júnior Urso antes de achar o autor do gol Romarinho, livre diante da zaga desorganizada.

Cronologia do jogo

Janderson ganhou nova oportunidade como titular -  Daniel Vorley/AGIF
Janderson ganhou nova oportunidade como titular
Imagem: Daniel Vorley/AGIF

O Corinthians começou a partida pressionando, mas cedendo espaços para o Fortaleza contra-atacar. Foi justamente na base da velocidade que os visitantes abriram o placar aos 33min, quando Bruno Melo recebeu de Osvaldo, arrancou e cruzou na medida para Romarinho chutar no contrapé de Walter.

Não demorou para o time alvinegro responder. Aos 36min, Pedrinho chutou para o meio da área e encontrou Boselli. O argentino dominou e deu um leve toque para tirar do goleiro rival e balançar as redes.

O ritmo ofensivo se manteve na segunda etapa, e de ambas as partes. Logo aos 3min, Janderson cruzou na medida para Junior Urso desviar de cabeça e colocar o time corintiano em vantagem. A resposta do Fortaleza veio rapidamente, com Kieza aproveitando cruzamento para igualar o marcador, quatro minutos depois.

O time visitante começou a dominar o jogo, mas não conseguiu conter Boselli. Aos 27min, Clayson fez jogada individual pela esquerda e cruzou na medida para o centroavante argentino, que desviou de cabeça para encobrir Felipe Alves e dar a vitória ao Corinthians.

Homenagem

O Corinthians prestou uma homenagem às vítimas do Holocausto antes e durante o jogo desta quarta-feira. Os uniformes receberam a estampa da Estrela de Davi, um símbolo do judaísmo, assim como em cada assento de alguns setores do estádio. A Arena, por outro lado, contou com uma exposição de fotos para exibir a história de sobreviventes que moram no Brasil. Tudo para relembrar a Noite dos Cristais.

Homenagem 2

O time feminino do Corinthians também recebeu uma homenagem na Arena. As jogadoras entraram no campo durante o intervalo e exibiram a taça da Copa Libertadores da América, conquistada na semana passada. As atletas deram a volta olímpica e posaram para fotos com a taça em mãos. O bandeirão com os dizeres "respeita as minas" também foi estendido no gramado.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 3 x 2 FORTALEZA

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 06 de novembro de 2019 (quarta-feira)
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Mato (Fifa-BA) e Jean Marcio dos Santos (RN)
VAR: Adriano Milczvski (PR)
Cartões amarelos: Júnior Urso, Gabriel (COR); Marlon, Felipe Alves, Felipe (FOR)
Público/Renda: Pagantes: 22.208 / Total: 22.453 / Renda: R$ 828.518,80

GOLS:
Corinthians: Boselli, aos 36 minutos do 1T e aos 27 minutos do 2T, e Júnior Urso, aos 3 minutos do 2T.
Fortaleza: Romarinho, 33 minutos do 1T, e Kieza, aos 7 minutos do 2T.

CORINTHIANS: Walter; Michel Macedo, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel; Janderson, Júnior Urso (Ramiro), Pedrinho e Mateus Vital (Clayson); Boselli (Gustavo).
Técnico: Dyego Coelho (interino)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho e Marlon (Nenê Bonilha); Romarinho (Edinho), Osvaldo (Matheus Alessandro) e Kieza.
Técnico: Rogério Ceni