Topo

Gustavo Henrique iguala lendário Calvet em clima de despedida no Santos

Gustavo Henrique comemora seu gol pelo Santos contra o Goiás - Ivan Storti/Santos FC
Gustavo Henrique comemora seu gol pelo Santos contra o Goiás Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

06/11/2019 04h00

O zagueiro Gustavo Henrique vai atingir uma marca importante na partida de hoje, às 21h, contra o Avaí, na Ressacada, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Será o jogo de número 217 do atleta com a camisa do Santos, igualando a marca de um dos maiores defensores da história do Peixe: Calvet.

Raul Donazart Calvet chegou ao Santos aos 25 anos e formou dupla de zaga memorável com Mauro Ramos de Oliveira naquele que é considerado o maior time da história do futebol com o Rei Pelé. O gaúcho de Bagé vestia a mesma camisa 6 de Gustavo Henrique e foi bicampeão mundial pelo clube da Vila Belmiro.

Calvet atuou pelo Peixe entre 1960 e 1964, quando encerrou a carreira aos 30 anos por conta de um rompimento parcial no tendão de Aquiles. Ele faleceu em 2008, aos 73 anos.

O lendário defensor está no top-20 dos zagueiros que mais atuaram com a camisa do Santos, na 18ª colocação. Caso jogue todas as partidas até o final do ano, Gustavo Henrique chegará a 224 partidas pelo Peixe e entrará no top-15, ultrapassando David Braz (219), por exemplo, mas ficando atrás de Edu Dracena (230) e Durval (249).

Em litígio com o Santos, dificilmente Gustavo Henrique irá permanecer no clube para a próxima temporada. Seu contrato com o Alvinegro Praiano vai até o final de janeiro do ano que vem e o camisa 6 já recebeu diversas sondagens de clubes do Brasil e do exterior. O Peixe ainda tenta um acordo, mas está pessimista em conseguir a renovação.

FICHA TÉCNICA
Avaí x Santos

Data: 06/11/2019 (quarta-feira)
Horário: 21h (de Brasília)
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Assistentes: Luiz Cláudio Regazone (RJ) e Lilian da Silva Fernandes Bruno (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Avaí:Lucas Frigeri; Léo, Ricardo, Betão e Igor Fernandes; Richard Franco, Pedro Castro e Luanderson; Gegê, Jonathan e Vinícius Araújo. Técnico: Evando Camillato.

Santos: Everson; Pará, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Jorge; Diego Pituca, Felipe Jonatan (Jean Mota) e Sánchez; Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Santos