Topo

Ceni debocha de arbitragem após VAR e polêmicas contra o Corinthians

Do UOL, em São Paulo (SP)

06/11/2019 23h18

O técnico Rogério Ceni, do Fortaleza, debochou da arbitragem na derrota por 3 a 2 para o Corinthians, hoje (06), na Arena em Itaquera. O treinador usou um tom irônico para abordar o assunto que rendeu reclamações ainda no gramado. Os jogadores questionam a não-marcação de dois possíveis pênaltis, sequer consultados pelo árbitro no recurso do vídeo, recurso permitido no Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida depois do jogo, Ceni utilizou-se do recurso sarcástico para descrever a atuação do trio comandado por Caio Max Augusto Vieira.

"O mais importante a ser registrado é a isenção e a idoneidade das pessoas que conduziram [a arbitragem] esse jogo. Quero deixar registrado a nossa gratidão. Queria deixar o meu elogio e a satisfação que nós do Fortaleza ficamos com a arbitragem. Nós e o torcedor estamos muito felizes do modo que o Fortaleza vem sendo tratado", afirmou Ceni.

A reclamação tem como base o jogo de hoje, mas a insatisfação nasceu há muitas semanas. O próprio Ceni usou os questionamentos desta quarta-feira para abordar um campo maior de atuação.

"O Fortaleza é um time que vem sendo sempre beneficiado pelo VAR, juiz não tem nenhuma dúvida. O Fortaleza se sente tranquilo e extremamente justo com a maneira que vem sendo conduzido nos jogos. Como cansamos de tanto benefício, hoje deixamos sem reclamação. Até estamos envergonhados com tantos benefícios", acrescentou.

Fortaleza