Topo

Futebol


Jornalista se explica por polêmica com gremista que fez topless: incomodou

Do UOL, em São Paulo

05/11/2019 11h18

O comentarista Rodrigo Adams explicou, em vídeo postado em seu Instagram Stories, que abandonou o programa Bola nas Costas ontem por se sentir incomodado com Maikelly Muhl, torcedora do Grêmio que fez topless na vitória contra o Internacional para "viralizar".

De acordo com jornalista da rádio Atlântida, atitudes como a de Maikelly vão de encontro a um novo momento no futebol, onde as mulheres têm vivenciado mais a experiência do estádio. Além disso, em sua avaliação, situações como essa acabam favorecendo ações de abuso sexual a torcedoras.

"Peço desculpas para a galera por ter saído do Bola (nas Costas), nada pessoal contra a menina, só que esse tipo de atitude me incomodou muito. Vou ao estádio desde 1987, nunca vi isso, e a gente vive uma cultura em que que as meninas estão cada vez mais inseridas no futebol, na cultura do futebol, na vivência do estádio, estão viajando atrás de seus clubes porque o mundo está mudando, precisamos aceitar isso", disse.

"Tenho certeza absoluta que ela não fez dizendo assim: 'que estuprem as mulheres, que agarrem as mulheres', mas infelizmente é isso que acaba ocasionando. Tivemos algo bem parecido com uma irmã de um amigo que acabou passando por uma situação constrangedora, ela teve uma tentativa de estupro praticamente, tocaram nas partes intimas na entrada de um jogo de futebol. Queria pedir desculpas. Não foi para causar, é que eu me senti mal na presença dela", completou.

A polêmica teve início quando Maikelly Muhl, que tem quase 600 mil seguidores no Instagram, foi questionada no programa da rádio gaúcha se a iniciativa tinha como propósito ganhar mais fama, e ela não escondeu que esta foi justamente a intenção.

"Claro, estou aqui para isso. [O topless aconteceu] No segundo gol e no final do jogo", disse Maikelly. Na sequência, Rodrigo informou aos ouvintes que estava se retirando."Desculpa aí, gurizada. Em respeito às torcedoras do Grêmio, do Inter, do Flamengo, de todo mundo, obrigado", disse o comentarista antes de deixar o programa.

Futebol