Topo

UOL Esporte vê TV


Denílson se revolta com punição de Felipe Melo

Denilson durante programa da "TV Bandeirantes"  - Reprodução
Denilson durante programa da "TV Bandeirantes" Imagem: Reprodução

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/11/2019 12h55

Denílson se irritou com a punição dada a Felipe Melo, ontem, pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Presente no Jogo Aberto desta terça-feira, o comentarista, citando a expulsão de Marcelo Lomba no Gre-Nal do último fim de semana, discordou dos cinco jogos de suspensão dados ao volante alviverde por conta de gestos obscenos no clássico contra o Santos.

"Como é que vai dar cinco jogos para o cara porque mostrou o dedo para o torcedor? E o torcedor que mostrou o dedo para ele, que o xingou lá no estádio? Para! Vamos ter um pouco de sensibilidade aí, gente! Cinco jogos? Dá um jogo de suspensão para o cara e pronto. Agora, cinco jogos? Por quê? Porque o Felipe Melo dá carinho, cotovelada... Isso aí é outra coisa. Um erro não justifica o outro", disse o ex-jogador.

"Cinco jogos para o cara porque mostrou o dedo para o torcedor? E o torcedor que comete ato de racismo no estádio? E o torcedor que xinga? E o torcedor que mostra o dedo? E o torcedor que fica xingando o treinador atrás do banco de reservas? Não acontece nada? Pelo amor de Deus! Não sou a favor do tal do efeito suspensivo, mas, nisso daí, não tem nem que ter punição", completou.

"Acho que fazem isso até para dar exemplo para outros, Denílson, não é só porque é o Felipe Melo, mas cinco jogos é exagero. Têm jogadores que foram agredidos, ficaram muito tempo sem jogar e o cara que fez isso nem essa pena recebeu", argumentou a apresentadora Renata Fan.

"Então, o Lomba vai ter que pegar uns 15 jogos, né? Por aquela entrada no Luciano. Se o Felipe mostrou o dedo e levou cinco, imagina o Lomba com aquele carrinho criminoso", concluiu Denílson.

Com a atual decisão, Felipe Melo desfalca o alviverde nas seguintes partidas: Vasco, Corinthians, Bahia, Grêmio e Fluminense. O clube, no entanto, irá recorrer.

Além do volante, Willian também foi julgado pela expulsão que sofreu contra o Santos. O atacante foi punido com apenas um jogo, já cumprido na suspensão automática.

UOL Esporte vê TV