Topo

Futebol


Zé Ricardo pede apoio e cogita retornar a antigo sistema no Inter

Zé Ricardo convive com problemas e Inter despenca em aproveitamento - Ricardo Duarte/Inter
Zé Ricardo convive com problemas e Inter despenca em aproveitamento Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

04/11/2019 15h46

Zé Ricardo quer apoio da torcida. Depois da derrota no clássico Gre-Nal por 2 a 0, o treinador disse que apenas desta forma o time vai conseguir reagir. Dentro de campo, o comandante cogita a possibilidade de retomar a formação adotada por Odair Hellmann, seu antecessor.

Odair escalava o Inter repetidamente com três jogadores de marcação. Zé Ricardo, assim que assumiu, tratou de colocar mais jogadores de ataque na equipe.

Porém, já são dois jogos sem vitória e, questionado sobre o tema em entrevista coletiva, o técnico admitiu a chance de rever esta situação.

"Nunca falei que faria uma ruptura. Queria aproveitar o que tinha de bom, que era muita coisa. Podemos até voltar a repetir a formação que era mais utilizada. O próprio Inter já tinha trabalhado numa plataforma de 4-2-3-1 durante as últimas partidas fora. Eu nunca descarto nem descartei isso. É uma forma mais consolidada de jogar. Queremos ser mais agressivos. Nosso objetivo é plausível mas não é fácil e se não formos corajosos ele fica ainda mais distante", disse o técnico Zé Ricardo.

Com ele no comando, o Inter venceu o Bahia, empatou com Athletico Paranaense e, ontem, perdeu para o Grêmio. Em todos os jogos ele utilizou uma equipe com três jogadores abastecendo Paolo Guerrero.

E após a queda no clássico, o treinador tratou de pedir apoio. Segundo ele, será com os torcedores incentivando que o time conseguirá se reerguer para confirmar vaga na próxima Libertadores.

"Que a nossa torcida entenda que acima de tudo isso está nosso objetivo que ainda podemos conquistar ao fim dessas rodadas, que é a vaga na Libertadores. E aí sim, dentro desta competição tão especial que o Inter tem condições de estar, buscar uma nova empatia. O que temos é que pedir, fazer o apelo para que, pelo menos nos jogos em casa, façamos essa pressão no adversário, que deem apoio ao time realmente para que posamos nos unir no objetivo de conseguir esta classificação", explicou.

O Internacional terá pela frente o Ceará, fora de casa, na próxima rodada do Brasileiro.

Futebol