Topo

Vasco peca na hora de alçar voos maiores e reforça discurso "anti-confusão"

Yago Pikachu tem sido uma das armas do Vasco - Thiago Ribeiro/AGIF
Yago Pikachu tem sido uma das armas do Vasco Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

04/11/2019 04h00

O objetivo de sair da "confusão" está muito próximo de ser matematicamente cumprido, mas o Vasco patina na hora de tentar alçar voos maiores no Campeonato Brasileiro.

Apesar do técnico Vanderlei Luxemburgo reforçar a todo instante que a briga cruz-maltina é a de permanecer na Série A, torcida, direção e jogadores começaram a vislumbrar a possibilidade de beliscar uma vaga na Libertadores do ano que vem.

Porém com dois empates e uma derrota nos últimos três jogos, a tarefa ficou mais difícil. E Luxemburgo reforçou o discurso após o empate sem gols contra o Fluminense.

"O meu time está jogando para se manter na primeira divisão. Eu não menti para nenhum de vocês. Eu não tenho time para poder brigar de outra coisa, se não brigar para tirar da confusão", afirmou.

Ao passo que tudo indica um fim de ano sem sufoco, os vascaínos se frustram à medida em que enxergavam uma possibilidade de conseguir algo maior. Na 11ª colocação, com 39 pontos, o Vasco deixou os rivais desgarrarem após uma sequência instável.

Com o risco de queda praticamente afastado, a esperança é que a sensação de "missão cumprida" possa trazer leveza ao ambiente e fazer com que o grupo use a ausência de pressão como aliada nas oito rodadas finais. Com 24 pontos em disputa, a possibilidade de atingir degraus mais ambiciosos ainda existe. Se por um lado a matemática colabora, por outro falta melhorar o desempenho.

"Precisávamos de um jogo melhor contra o Fluminense. Temos uma sequência importante. Precisamos estar atentos na reta final, tínhamos uma expectativa muito grande nessa sequência de jogos", pontuou o goleiro Fernando Miguel.

Na próxima rodada, o Vasco recebe a visita do vice-líder Palmeiras, às 21h30, em São Januário. No "limbo" da tabela, uma vitória pode significar o início de uma escalada para conquistas que justifiquem o tamanho do Gigante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Vasco