Topo

Lateral de R$ 12 mi vira 3ª opção e perde para improvisado no Atlético-MG

Do UOL, em Belo Horizonte

03/11/2019 12h00

Lucas Hernández foi contratado por três milhões de dólares (R$ 11,9 milhões na cotação atual) pelo Atlético-MG. O lateral esquerdo, no entanto, não tem muitas oportunidades no time comandado por Vagner Mancini. O uruguaio ficou no banco de reservas na tarde de ontem (2), quando Patric assumiu pelo lado esquerdo.

O técnico quis preservar Fábio Santos, titular da lateral esquerda, por causa das recentes atuações discretas e críticas da torcida. Contudo, ao escolher o substituto, ele preferiu improvisar a escalar o jogador que veio para a Cidade do Galo do Peñarol, do Uruguai.

O jogador de 27 anos foi a contratação mais cara de Rui Costa na função de diretor de futebol do clube. Mesmo assim, fez poucas aparições - são 360 minutos desde a sua chegada, no meio de 2019.

As poucas utilizações do atleta já foram motivo de questionamento para Rui Costa. O dirigente, no entanto, atenua o caso e faz elogios ao jogador.

"Não existe um jogador que o Rui contratou. É claro que vou ser avaliado por isso. Avaliar um atleta que jogou menos de 390 minutos no Atlético, vindo de uma outra história, de uma outra cultura, de outro modelo tático, eu, particularmente, acho prematuro", declarou o dirigente há pouco mais de duas semanas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Atlético-MG