Topo

Esporte


São Paulo vence Chapecoense e abre vantagem para adversários no G-4

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/11/2019 22h59

O São Paulo soube aproveitar as oportunidades que criou, na noite de hoje (2), na Arena Condá, e venceu a Chapecoense por 3 a 0, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com gols de Bruno Alves, aos seis minutos, e Vitor Bueno, aos 26 - ambos na primeira etapa - e Antony, aos 34 minutos da etapa final, o Tricolor paulista abriu uma vantagem de 5 pontos para o quinto colocado, Grêmio, e garantiu a permanência no G-4 por mais uma rodada.

Com a vitória, o clube paulista chegou a 52 pontos, se aproximando do Santos (terceiro colocado), com 55. Já a Chape fica cada vez mais próxima da Série B do Brasileirão, com apenas 21 pontos e a 11 da primeira equipe fora da zona do rebaixamento, o Cruzeiro.

Na próxima rodada, o São Paulo recebe o Fluminense, na quinta-feira (7), no Morumbi, às 19h30 (de Brasília). O Verdão do Oeste, por sua vez, viaja ao Nordeste, para enfrentar o Bahia, na Arena Fonte Nova, na quarta-feira (6), às 21h30.

O melhor: Antony faz gol e assistência

Principal arma ofensiva do São Paulo na partida, Antony foi coroado com um belíssimo gol e uma assistência. No gol de Vitor Bueno, a cria de Cotia arrancou em profundidade e deixou o meia livre para empurrar a bola pro fundo do gol. E aos 34 minutos do segundo tempo ele fez bela jogada individual e, de fora da área, acertou um belo chute para vencer Tiepo.

O pior: Douglas falha feio no segundo gol

O defensor da Chapecoense, que teve passagem relâmpago pelo São Paulo, foi mal na partida de hoje. Além de perder três duelos diretos contra os atacante são-paulinos, o zagueiro não acompanhou a linha de impedimento da equipe catarinense e deixou Antony em condição legal para armar a jogada do segundo gol.

São Paulo é cirúrgico e aproveita suas chances

O São Paulo teve cinco boas oportunidades na partida e duas delas foram parar no fundo do gol de Tiepo ainda no primeiro tempo. A equipe treinada por Fernando Diniz aproveitou a velocidade de seus atacantes de lado do campo e a posse de bola para criar chances de definir a partida. Na segunda etapa, a equipe caiu de produção e assistiu à Chapecoense dominar a partida, mas em um contra-ataque e em outra bola parada, conseguiu mais um gol.

Chape insiste, mas para em Volpi

Com poucas chances no primeiro tempo, a Chape se lançou ao ataque na segunda etapa. As mudanças do treinador Marquinhos Santos surtiram efeito e fizeram com que a equipe conseguisse finalizar mais ao gol. Mesmo com mais de 20 finalizações na partida, a equipe parou em boas defesas de Volpi e não conseguiu balançar as redes.

Cronologia do jogo

Logo no início da primeira etapa, aos seis minutos, o São Paulo conseguiu abrir o placar. Após falta cobrada por Daniel Alves, o zagueiro Bruno Alves apareceu livre na segunda trave e cabeceou sem chances para o goleiro Tiepo. Aos 23, Antony puxou contra-ataque, ficou livre de marcação e rolou para Vitor Bueno. O meia limpou o zagueiro Douglas e Tiepo e só teve o trabalho para empurrar a bola pro fundo do gol. A melhor oportunidade da Chape chegou apenas aos 38 do primeiro tempo, quando Douglas aproveitou escanteio da direita e obrigou Tiago Volpi a fazer um milagre.

Na etapa complementar, a Chapecoense dominou as ações de ataque, e aos oito minutos o lateral Renato soltou uma bomba de fora da área que acertou o travessão do Volpi. Aos 33, Rafael Pereira aproveitou cruzamento e cabeceou firme, mas Volpi defendeu. Logo após a defesa do arqueiro são-paulino, Antony recebeu e disparou livre, cortou Bruno Pacheco e acertou um chute de fora da área para matar a partida.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 3 SÃO PAULO

Data e horário: 2 de novembro de 2019, sábado, às 21h (de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Michael Stanislau
Gols: Bruno Alves, aos 6', e Vitor Bueno, aos 23 minutos do primeiro tempo; Antony aos 34' da etapa final.

Cartões amarelos: Márcio Araújo e Renato (CHA); Igor Gomes e Tiago Volpi (SAO)

CHAPECOENSE
Tiepo; Eduardo (Elicarlos), Rafael Pereira, Douglas e Bruno Pacheco; Renato, Márcio Araujo, Camilo, Roberto (Locatelli) e Dalberto (Artur Gomes); Everaldo. Técnico: Marquinhos Santos.

SÃO PAULO
Volpi; Dani Alves (Juanfran), Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Jucilei (Luan), Tchê Tchê e Igor Gomes; Antony, Vitor Bueno (Hernanes) e Raniel. Técnico: Fernando Diniz.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado anteriormente, o São Paulo fez um gol no segundo tempo, e não dois. O erro foi corrigido.
Ao contrário do informado anteriormente, Antony não pegou sobra de bola no início do lance que terminou no terceiro gol, e sim recebeu passe. O erro foi corrigido.
Ao contrário do informado na ficha técnica, o jogo Chapecoense x São Paulo foi disputado na Arena Condá, em Chapecó, e, não, no Estádio do Morumbi, em São Paulo. O erro foi corrigido.
ESPN, Ei PLus e Fox Sports

Assista aos jogos e programas de ESPN, EI Plus e Fox Sports sem TV a cabo.

Esporte