Topo

UOL Esporte vê TV


Sandro M. Ricci aponta falta na origem do segundo gol do Goiás contra o Fla

Sandro Meira Ricci, ex-árbitro - Kleyton Amorim/UOL
Sandro Meira Ricci, ex-árbitro Imagem: Kleyton Amorim/UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

31/10/2019 22h35

Goiás e Flamengo se enfrentaram hoje (31) pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro no Serra Dourada e empataram em 2 a 2. Na transmissão do Premiere, o comentarista de arbitragem Sandro Meira Ricci afirmou que o segundo gol do Goiás, que decretou a igualdade no placar, foi ilegal por conta de uma falta na origem do lance.

"Na origem da jogada do segundo gol do Goiás, ainda no campo de ataque do Flamengo, o Rafael Moura coloca a mão no rosto do Filipe Luís. Isto é falta para cartão amarelo, inclusive. O árbitro não viu, deixou o jogo seguir. O jogo seguiu no tiro de meta para o Goiás, que deu origem à jogada do gol do Michael. A falta deveria ser marcada no início do lance", analisou.

Sandro Meira Ricci ainda destacou que Rafael Moura deveria ter sido expulso no lance, já que era uma falta para cartão amarelo e o atacante esmeraldino já havia sido punido no primeiro tempo.

"Além disso, o Rafael Moura já tinha tomado um cartão amarelo no primeiro tempo. Esse lance seria para o segundo amarelo e a consequente expulsão do Rafael Moura", completou.

Com o empate, o Flamengo chega a 68 pontos e mantém a liderança do Brasileirão, agora com oito de vantagem para o Palmeiras, vice-líder. O Goiás, por sua vez, foi a 39 pontos, e é o décimo colocado.

UOL Esporte vê TV