Topo

Sampaoli pede permanências para Santos não virar "loteria" em 2020

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

31/10/2019 22h06

O técnico Jorge Sampaoli ainda não confirmou que fica no Santos para o ano de 2020, mas o Peixe já sabe o que precisa fazer para tentar convencer o argentino a permanecer: não desmanchar o time.

O zagueiro Lucas Veríssimo é um dos atletas santistas mais assediados pela Europa. Na vitória de hoje, diante do Bahia por 1 a 0, um agente europeu esteve no estádio para observar o camisa 28. Peça fundamental da defesa de Sampaoli, o argentino não quer nem saber de perder o jogador.

"Veríssimo é incrível, com ano incrível. Aprendeu a jogar como lateral, marcados em linha de três e linha de quatro, na esquerda e direita. É ponto alto da equipe. Temos que manter para tentar coisas importantes. Se os melhores saírem e Santos precisa fazer um time novo com incapacidade financeira desse ano, será uma loteria. Não me encontro capacitado para fazer o que fiz nesse não. Sofreria muito", afirmou Sampaoli em entrevista coletiva após o jogo.

O técnico já utilizou Veríssimo em todas as funções da defesa e gosta de deslocar o defensor para ser um falso-lateral pela direita, principalmente em partidas fora de casa.

Além do camisa 28, Sampaoli considera Soteldo e Eduardo Sasha outras duas peças fundamentais do elenco. O presidente José Carlos Peres já afirmou que o Peixe irá precisar negociar algum jogador para equilibrar as contas.

Santos