Topo

Pela 5ª vez com Abel, Cruzeiro tenta acabar com 'síndrome de Robin Hood'

Técnico está sem perder há seis jogos pelo Cruzeiro, mas não conseguiu vencer quatro concorrentes diretos que enfrentou - Heber Gomes/AGIF
Técnico está sem perder há seis jogos pelo Cruzeiro, mas não conseguiu vencer quatro concorrentes diretos que enfrentou Imagem: Heber Gomes/AGIF

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

31/10/2019 04h00

O Cruzeiro tem mais uma decisão pela frente e visita o Botafogo na noite de hoje (31). Jogando pela 29ª rodada do Brasileirão, a equipe celeste irá deixar a zona de rebaixamento se sair com os três pontos do Engenhão. Para isso, a equipe de Abel Braga terá que superar a chamada 'síndrome de Robin Hood'. Desde que o treinador chegou, o clube já tirou pontos importantes contra adversários de cima da tabela, mas colecionou tropeçou quando enfrentou seus concorrentes contra a degola.

Nesta semana, Abel Braga completou um mês no comando do Cruzeiro. Neste período, ele somou uma derrota, quatro empates e duas vitórias, alcançando a atual segunda maior sequência invicta no campeonato. Nesse retrospecto, chama atenção as poucas vitórias e o excesso de igualdades para um time que luta para não cair. Outro fator preocupante foram os pontos deixados pelo caminho. A única derrota até então foi contra o Goiás, que arrancou na tabela e respira mais aliviado. Contra o Fluminense, Chapecoense e Fortaleza, a Raposa ficou no empate. Por outro lado, o Cruzeiro se deu bem ao bater São Paulo e Corinthians, que lutam pelo G-4.

Não é só por causa do recente rendimento com o Abel Braga que o Cruzeiro está na posição um pouco melhor. Na verdade, o atual comandante já bateu as pontuações dos antecessores Rogério Ceni e Mano Menezes. O baixo número de pontos, principalmente antes da pausa para a Copa América, ajuda a explicar porque o time esboçou a atual reação, mas, mesmo assim, vai começar a rodada na zona da degola pela décima vez seguida.

Diferente da rodada passada, agora o Cruzeiro só depende das suas próprias forças para sair do Z-4 sem depender de ninguém. Além disso, um eventual triunfo no Rio ajudaria o time a encostar ainda mais no próprio Botafogo, que hoje tem 33 pontos, quatro a mais que a Raposa.

Para a 'decisão', Abel Braga contará com o retorno do jovem Éderson, volante que estava suspenso na última rodada e que volta ao time para formar dupla ao lado do capitão Henrique.

BOTAFOGO x CRUZEIRO

Motivo: 29ª rodada do Brasileirão
Data/Hora: 31/10/2019, às 21h30 (de Brasília)
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Márcio dos Santos (RN) e Naílton Júnior de Sousa Oliveira (CE)
VAR: Adriano Milczvski (PR)

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Marcinho, Carli, Gabriel e Yuri; João Paulo e Cicero; Luiz Fernando, Alex Santana e Leo Valência; Diego Souza. Técnico: Alberto Valentim.

CRUZEIRO: Fábio; Orejuela, Fabrício Bruno, Cacá e Egídio; Henrique, Éderson; Thiago Neves, Robinho, David; Fred. Técnico: Abel Braga.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Cruzeiro