Topo

Futebol


Réver vê risco alto de queda do Atlético-MG: "momento de sentir vergonha"

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

30/10/2019 21h45

Réver não esconde a decepção com a temporada do Atlético-MG. O time é o 13º colocado do Campeonato Brasileiro 2019 e está cada vez mais próximo da zona de rebaixamento. O capitão da equipe concedeu entrevista após a derrota por 2 a 0 para a Chapecoense, pela 29ª rodada, e disse que sente vergonha pela situação vivida.

O defensor acredita que o time corre sérios riscos de rebaixamento pelas atuações mais recentes e diz ter vergonha da má fase do Galo na temporada.

"O risco está muito próximo há muito tempo, ainda mais pelas partidas que estamos fazendo em casa. O momento é de sentir vergonha. Daqui a pouco, vamos acreditar que isso é o que nos define. Independente da equipe, da situação que se encontra na competição, era um jogo que poderia definir muitas coisas e a gente, dentro de casa, acabou falhando", declarou.

"É difícil encontrar palavras para se explicar. Jogar contra a Chape, que não dificultou para ninguém até agora, e sofrer da maneira que a gente sofreu é para ligar o alerta. É buscar os pontos fora de casa, o que a gente não está conseguindo também", acrescentou.

O zagueiro ainda aponta o que fez o time cair de produção no Campeonato Brasileiro. Ele crê que o fato de priorizar a Copa Sul-Americana 2019 foi o que deixou o time sofrer queda de rendimento.

"Desandou quando você prioriza uma competição. Não se pode abrir mão de uma competição como o Campeonato Brasileiro. O time corre bastante, luta, mas não cria. A gente encontrou uma retranca hoje, saíram à frente e a gente não teve poder de reação. Foi 2 a 0 e poderia ter sido mais. A gente precisa evoluir, crescer. Não vai ser a derrota que vai nos definir. A gente precisa acordar, porque daqui a pouco entra na zona de rebaixamento e é mais difícil de sair. Não conseguimos fazer o jogo dentro de casa", afirmou.

Futebol