PUBLICIDADE
Topo

Esporte


Liverpool bate o Arsenal nos pênaltis e avança de fase em jogo com 10 gols

Jogadores do Liverpool comemoram após gol contra o Arsenal pela Copa da Liga Inglesa - Andrew Yates/Reuters
Jogadores do Liverpool comemoram após gol contra o Arsenal pela Copa da Liga Inglesa Imagem: Andrew Yates/Reuters

Do UOL, em São Paulo

30/10/2019 18h36

Arsenal e Liverpool se enfrentaram hoje pelas oitavas de final da Copa da Liga Inglesa. Jurgen Klopp e Unai Emery optaram por mandarem formações alternativas a campo, mas isso não diminuiu a intensidade do espetáculo, que terminou empatado em 5 a 5. No fim, o Liverpool levou a melhor ao vencer nos pênaltis por 5 a 4 e avançou para a próxima fase da competição para enfrentar o Oxford United.

Quem esperava um jogo mais monótono por conta da ausência dos principais astros de ambos os times se enganou. Com apenas seis minutos de jogo o Liverpool já vencia por 1 a 0: Oxlade-Chamberlain cruzou da direita, Mustafi tentou afastar o perigo e acabou jogando contra a própria meta.

O Arsenal chegou ao empate aos 19 minutos de jogo: o clube de Londres finalizou três vezes contra a meta de Kelleher, que deu rebote e a bola sobrou nos pés de Torreira, que só empurrou para o fundo das redes.

Cinco minutos depois, o Arsenal conseguiu a virada. Maitland-Niles fez jogada pela direita e cruzou em direção à área. A bola ficou "viva" após bate-rebate e sobrou nos pés do atacante brasileiro Gabriel Martinelli, que encheu o pé para fazer 2 a 1.

Ainda deu tempo para saírem dois gols antes do intervalo: a zaga do Liverpool vacilou na saída de bola no campo defensivo e a bola chegou nos pés de Saka, que cruzou para Martinelli, livre dentro da área, apenas completar para o fundo do gol e fazer seu segundo tento na partida. O Liverpool ainda diminuiu a vantagem com Milner, em cobrança de pênalti.

O Arsenal voltou do intervalo e não demorou para ampliar sua vantagem. Milner vacilou na saída de bola e recuou fraco para Kelleher. Maitland-Niles chegou mais rápido e conseguiu tirar a bola do goleiro rival, mas ela ia escapando pela linha de fundo quando Ozil, com um belo passe pra trás, recuperou o lance e serviu o colega, que fez 4 a 2.

A famosa "lei do ex" deu as caras no clássico inglês. Após confusão na entrada da área do Arsenal, a bola sobrou para Oxlade-Chamberlain, que acertou uma bomba de fora da área para fazer 4 a 3. E o empate veio logo depois: Origi recebeu passe na entrada da área, girou sobre a marcação e finalizou sem chances de defesa para Martinez.

O Arsenal voltou a ficar em vantagem com um golaço. Willock recebeu a bola no meio-campo, foi conduzindo com liberdade e soltou uma bomba de fora da área, acertando o ângulo do goleiro Kelleher para fazer 5 a 4.

Nos acréscimos, o Liverpool chegou ao empate para loucura de seus torcedores. Williams cruzou a bola e encontrou Origi dentro da área, que bateu com estilo para empatar a partida em 5 a 5.

O jogo acabou indo para as penalidades máximas e o Liverpool converteu suas cinco cobranças, enquanto Ceballos desperdiçou para o Arsenal, decretando assim a vitória do time comandado por Jurgen Klopp, que segue para a próxima fase da competição.

Esporte