Topo

Brasileirão - 2019


Lutando contra o Z4, Fluminense e Chapecoense empatam no Maracanã

Do UOL, em São Paulo

26/10/2019 21h25

Na luta contra o rebaixamento, Fluminense e Chapecoense empataram por 1 a 1 em duelo travado na noite de hoje (26) no Maracanã, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A Chapecoense abriu o placar com peixinho do atacante Everaldo, que agora soma dez gols no Brasileirão. Porém, no segundo tempo, o Fluminense conseguiu igualar o placar com Marcos Paulo empurrando para as redes.

O resultado não é bom para nenhum dos dois times. No momento, o Fluminense é o primeiro fora da zona de rebaixamento com 30 pontos, um acima do Cruzeiro, o 17º colocado.

Já a Chapecoense permanece na vice-lanterna, agora com 18 pontos, e pode ser superado pelo Avaí, que recebe o Palmeiras amanhã (27).

Mandou bem: João Ricardo

Se a Chapecoense saiu do Maracanã com apenas um gol sofrido, isso se deve à grande atuação de João Ricardo. O goleiro da Chape fez ao menos três boas defesas e ainda contou com a sorte quando Nenê enviou a bola para fora com o gol vazio com apenas um minuto de jogo.

Mandou mal: Allan

Pouco participativo, o volante Allan não teve uma grande noite com a camisa do Flu. Levou cartão amarelo ao bater com o braço na bola e é desfalque contra o Ceará na próxima rodada. Também ficou para trás na corrida de Bruno Pacheco no lance que resultou no gol da Chape.

Fluminense incansável

O Fluminense dominou completamente a partida, com 67% de posse de bola e mais de 20 finalizações. Faltou sorte para o time carioca conseguir sair com mais gols. Ao menos, a equipe se mostrou incansável na busca ao ataque.

Yony Gonzalez, do Fluminense, durante partida contra a Chapeconse pelo Brasileirão - Thiago Ribeiro/AGIF
Yony Gonzalez, do Fluminense, durante partida contra a Chapeconse pelo Brasileirão
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Não foi dessa vez, Marquinhos!

A Chapecoense chegou a abrir o placar, mas não conseguiu se manter na frente diante do ímpeto dos tricolores. Destaque para o goleiro João Ricardo, que protagonizou boas defesas. Com isso, Marquinhos continua sem saber o que vencer sob o comando da Chapecoense: é o nono jogo dele sem triunfos.

Cronologia do jogo

Com menos de um minuto de jogo, em seu primeiro ataque, o Fluminense perdeu uma chance inacreditável. Yony mandou do lado esquerdo para defesa de João Ricardo. O atacante conseguiu o rebote, mas mandou na trave. A bola ainda voltou para os pés de Nenê, na pequena área, mas ele acabou chutando para fora.

O Fluminense continuou buscando o gol, com Yony, aos 6, e Daniel, aos 13. Porém, ambos acabaram chutando por cima do gol de João Ricardo.

Contudo, quem abriu o placar foi a Chapecoense, que conseguia algumas poucas chances por meio do contra-ataque. Aos 26, Bruno Pacheco disparou pelo lado esquerdo e cruzou para a área. Everaldo mergulhou para cabecear, e o goleiro Muriel chegou a encostar na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

No minuto seguinte, o Fluminense chegou à área novamente com cruzamento de Wellington Nem. A bola atingiu Rafael Pereira, e os jogadores do Tricolor reclamaram de toque de mão, mas o juiz mandou o jogo seguir.

O Fluminense foi enfim recompensado com o gol aos seis minutos do segundo tempo. O atacante Marcos Paulo só tocou para as redes após Daniel invadir a área e mandar para o meio.

Como o empate não era bom para ninguém, a etapa complementar seguiu no mesmo tom dos primeiros 45 minutos, com os dois times buscando incansavelmente o gol. Destaque para os goleiros: João Ricardo fez uma grande partida, e Muriel também precisou trabalhar.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 1 CHAPECOENSE

Competição: Campeonato Brasileiro (28ª rodada)
Data: 26/10/2019
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade e José Reinaldo Nascimento Júnior (ambos do DF)
VAR: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)
Público e Renda: 17.731 pagantes e R$ 426.770,00 de renda
Gols: Everaldo (Chapecoense), aos 26' do primeiro tempo, e Marcos Paulo (Fluminense), aos 6' do segundo tempo
Cartões Amarelos: Allan (Fluminense); Maurício Ramos, Henrique Almeida e Everaldo (Chapecoense)

Fluminense: Muriel; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Allan, Daniel (Lucão) e Nenê; Marcos Paulo (Ganso), Wellington Nem (João Pedro) e Yony. Técnico: Marcão

Chapecoense: João Ricardo; Eduardo (Renato), Rafael Pereira (Hiago), Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Elicarlos, Márcio Araújo e Camilo (Dalberto); Roberto, Everaldo e Henrique Almeida. Técnico: Marquinhos Santos