Topo

Mano sai em defesa de Tite e lembra de críticas que sofreu na seleção

Mano Menezes defendeu Tite no problema do calendário do futebol brasileiro - Marcello Zambrana/AGIF
Mano Menezes defendeu Tite no problema do calendário do futebol brasileiro Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

25/10/2019 12h16

Mano Menezes aproveitou a coletiva concedida hoje no Palmeiras para defender Tite na polêmica questão sobre convocar ou não atletas que atuam no futebol brasileiro e perderão compromissos importantes com seus times se forem representar a seleção brasileira.

Nesta sexta-feira, Tite optou por não chamar nenhum atleta que está nesta condição, depois de ter sido bastante criticado na última convocação por desfalcar equipes como Flamengo e Grêmio.

"Me lembro de ter passado uma situação semelhante. Cheguei em outubro e novembro para não interferir e depois ser acusado de convocar muitos jogadores", afirmou o comandante que foi sucessor de Dunga na seleção brasileira após a Copa do Mundo da África do Sul.

"Veja, para não convocar os brasileiros você chama outros, outros novos que não foram convocados. E depois vem a crítica pelo número exagerado de convocações. É um problema que não pode entrar na conta do técnico da seleção. Porque ele e os clubes são os maiores prejudicados", completou.

Para Mano, os principais cobrados neste aspecto precisam ser os dirigentes que comandam o futebol brasileiro. Ele cita que há exemplos em todo o mundo e que só o Brasil não segue o que dá certo.

"Nós sabemos onde temos que resolver essa questão. No nosso calendário, no respeito às datas Fifa e seguir o que todo mundo faz. Se você quer tratar essa questão, é assim que você precisa tratar", finalizou.

Palmeiras