Topo

Seleção Brasileira


Comissão da seleção explica ausência de Neymar após contato com PSG

Do UOL, em São Paulo

25/10/2019 11h37

O técnico Tite convocou hoje (25) a seleção brasileira para os últimos amistosos contra Argentina e Coreia do Sul, que acontecem em novembro. O atacante Neymar, que lesionou a coxa esquerda na partida contra a Nigéria, não foi convocado, como antecipado ontem pelo UOL Esporte.

Em entrevista coletiva após a convocação, coube ao preparador físico Fábio Mahseredjian explicar a ausência. Mahseredjian explicou que manteve contatos com o estafe do atacante e com o departamento médico do PSG, e houve incompatibilidade entre o cronograma de recuperação e a possibilidade de estar em campo nos amistosos.

"As informações que tivemos do PSG é que a programação de reabilitação dele vai até o dia 10 de novembro, data da nossa apresentação. Até essa data ele estaria fazendo fisioterapia, por isso a não convocação do atleta, baseado no estafe dele e no médico do PSG".

Apesar disso, o preparador disse que as lesões sofridas por Neymar nos últimos anos têm natureza traumática - a lesão muscular sofrida diante da Nigéria é uma exceção.

"Quanto ao Neymar, a maioria das lesões que acometeram o atleta foram traumáticas. Musculares foram duas. Essa última faz com que ele perca a oportunidade de estar conosco".

Tite também falou sobre o assunto, O treinador lembrou a conquista do título da Copa América, em julho, sem Neymar, e explicou que o processo de adaptação à ausência do camisa 10 traz dificuldades, mas é importante.

"Para sermos campeões da Copa América, montando uma equipe sem o Neymar, nosso principal jogar, precisou jogar mal o primeiro tempo contra a República Tcheca. Precisou não jogar bem contra Camarões, empatar com o Panamá... É duro, mas traz aprendizado para competições oficiais".

O Brasil enfrenta a Argentina no dia 15 de novembro, na Árabia Sáudita. O amistoso contra a Coreia do Sul será nos Emirados Árabes no dia 19.

Confira a lista completa de convocados:

Goleiros

Alisson (Liverpool)
Ederson (Manchester City)
Daniel Fuzato (Roma)

Laterais

Danilo (Juventus)
Emerson (Bétis)
Alex Sandro (Juventus)
Renan Lodi (Atlético de Madri)

Zagueiros

Eder Militão (Real Madrid)
Felipe (Atlético de Madri)
Marquinhos (PSG)
Thiago Silva (PSG)

Meio-campistas

Arthur (Barcelona)
Casemiro (Real Madrid)
Fabinho (Liverpool)
Paquetá (Milan)
Douglas Luiz (Aston Villa)
Philippe Coutinho (Bayern de Munique)

Atacantes

David Neres (Ajax)
Roberto Firmino (Liverpool)
Gabriel Jesus (Manchester City)
Richarlison (Everton)
Rodrygo (Real Madrid)
Willian (Chelsea)

Seleção Brasileira