PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Torcedor do Fla sai de Mogi ao RJ, passa mal na praia e morre antes de semi

Maracanã recebeu mais de 60 mil pessoas para a semifinal da Libertadores entre Flamengo e Grêmio - Thiago Ribeiro/AGIF
Maracanã recebeu mais de 60 mil pessoas para a semifinal da Libertadores entre Flamengo e Grêmio Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

24/10/2019 14h05

O torcedor do Flamengo Diego Rodrigues, de 26 anos, saiu de Mogi Mirim, no interior de São Paulo, para assistir à semifinal da Copa Libertadores entre o Rubro-negro e o Grêmio, ontem (23), no Maracanã (RJ), mas acabou morrendo após passar mal na praia de Copacabana horas antes da partida.

O UOL Esporte confirmou que a causa da morte foi uma "reação alérgica". O "Globoesporte.com" trouxe o depoimento de um amigo que relatou que ele comeu camarão na praia, algo que nunca havia ingerido.

Diego foi atendido no hospital "Copa Star", também no bairro de Copacabana, mas não resistiu. A assessoria de imprensa do estabelecimento informou que só irá transmitir detalhes caso a família do jovem autorize.

O torcedor do Flamengo organizou a viagem junto com outros amigos e tinha ingresso para a decisão. Com a fatalidade, os bilhetes foram vendidos e a verba doada aos parentes de Diego, que deixa a mulher e uma filha pequena.

Em campo, o Rubro-negro goleou o Grêmio por 5 a 0 se classificou para a final da Copa Libertadores, onde enfrentará o River Plate, da Argentina.

Futebol