PUBLICIDADE
Topo

Fla garante R$ 24,1 milhões após 5 a 0 e pode totalizar R$ 78 mi com título

Assista aos melhores momentos de Flamengo 5x0 Grêmio

Gols da Libertadores

Alexandre Araújo

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/10/2019 04h00

A goleada sobre o Grêmio e consequente classificação à final da Libertadores teve impacto direto nos já equilibrados cofres do Flamengo. E a situação pode ficar ainda melhor caso o time rubro-negro conquiste a competição pela segunda vez na História.

Ao se credenciar para a decisão, que será no próximo dia 23, contra o River Plate, da Argentina, em partida única em Santiago, no Chile, o clube da Gávea conquistou uma premiação de 6 milhões de dólares, cerca de R$ 24,1 milhões na cotação atual. Se for campeão, o valor dobrará, totalizando 12 milhões de dólares, aproximadamente R$ 48,2 milhões.

Ao fim da campanha no torneio sul-americano, o Flamengo, então, poderá embolsar um total de R$ 78 milhões. Isso porque, conquistou R$ 12 milhões ao disputar a primeira fase da competição, R$ 18 milhões por estar nas oitavas de final, quartas de final e semifinal e, agora, tem a oportunidade de levar mais R$ 48 milhões.

Nesta temporada, a Conmebol ofereceu premiação recorde aos clubes participantes da Libertadores, dobrando o que foi ofertado no ano passado.

Até o momento, o único tópico do orçamento previsto do Flamengo para este ano que foi abaixo do esperado foi o da Copa do Brasil, quando o time acabou eliminado nas quartas de final para o Athletico-PR. No restante, foi campeão do Campeonato Carioca, está na final da Libertadores e ocupa as primeiras colocações do Campeonato Brasileiro.

O Rubro-Negro volta a uma final de Libertadores depois de 38 anos. A última vez que isso havia acontecido foi em 1981, quando a equipe encabeçada por Zico conquistou a América do Sul e, posteriormente, o mundo.

Flamengo