PUBLICIDADE
Topo

No Flamengo x Grêmio, Witzel sanciona lei que recria a geral no Maracanã

Maracanã voltará a ter geral, mas setor deverá ser móvel para que estádio possa permanecer no padrão da Fifa - Lalo de Almeida/ Folhapress
Maracanã voltará a ter geral, mas setor deverá ser móvel para que estádio possa permanecer no padrão da Fifa Imagem: Lalo de Almeida/ Folhapress

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

23/10/2019 19h35

Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro (PSC - RJ), vai sancionar, na noite de hoje (23), a lei que autoriza o Governo do Estado a recriar a "Geral" no Maracanã. O ato vai acontecer durante o intervalo do jogo entre Flamengo e Grêmio, pela semifinal da Libertadores, que acontecerá no estádio. A ideia é fazer com que o local volte a disponibilizar setores a preços populares.

Com a sanção do projeto de lei, há a sinalização aos interessados na gestão do Maracanã que os projetos devem contemplar o retorno do que ficou conhecido como "Geral", com um setor sem cadeiras atrás dos gols.

Para que o Maracanã, que passou por reformas recentes, permaneça dentro do padrão estipulado pela Fifa (Federação Internacional de Futebol), o setor sem cadeiras deverá ser móvel, para que os assentos possam ser recolocados nas competições que tiverem essa exigência.

Atualmente, a gestão do Maracanã é feita por uma empresa formada em união por Flamengo e Fluminense. A concessão foi assinada por seis meses e, recentemente, foi renovada por mais seis, valendo até abril do ano que vem.

Botafogo