PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Dedé passará por cirurgia, mas médico do Cruzeiro acredita em volta em 2019

Zagueiro do Cruzeiro deixou jogo contra o Corinthians mais cedo e terá que passar por cirurgia - Bruno Haddad/Cruzeiro
Zagueiro do Cruzeiro deixou jogo contra o Corinthians mais cedo e terá que passar por cirurgia Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

23/10/2019 11h15

O Cruzeiro ganhou um desfalque importante para a sequência de jogos no Brasileirão. O zagueiro Dedé vem sofrendo com dores no joelho direito e terá que passar por um procedimento cirúrgico. O jogador ainda é aguardado para voltar aos gramados em 2019, mas já é certo que Dedé perderá os próximos compromissos do Cruzeiro.

"O Dedé teve a situação do último jogo (contra o Corinthians) que saiu com 12 minutos. Inicialmente foi imaginado que era relacionado a uma lesão prévia que ele tem um problema crônico no joelho dele, mas foi observado na reavaliação que havia um corpo livre. O que é um corpo livre? Um fragmento de uma estrutura articular dentro do joelho que estava de uma certa maneira causa irritação no joelho dele e por isso piorou a dor. Inchou, teve um derrame articular. Então, foram feitas novas avaliações e diante disso optei por fazer um procedimento local, vou tirar esse fragmento. É um procedimento feito com anestesia local, sedação, procedimento de pequeno porte, que para ele vai ser muito interessante", comentou Sérgio Campolina, chefe do departamento médico do Cruzeiro.

Desta forma, pode ser que a zaga de Abel Braga seja formada por jogadores da base nos próximos jogos. O zagueiro Léo já iniciou os primeiros treinamentos com o grupo e está recuperado de uma lesão na clavícula, mas sua presença no sábado ainda é incerta. Se isso não acontecer, os jovens Cacá e Fabrício Bruno deverão formar o miolo de zaga celeste.

"Acho que o procedimento vai ajudar no quadro clínico, já que o Dedé está sentindo muita dor, limitação de movimento até para atividades do dia a dia. E, com esse procedimento simples, a expectativa é que resolva a situação, resolva esse problema que ele tem no momento. A lesão crônica não influenciou nesta situação específica, mas por isso pensei bem e discuti o quadro e indiquei esse procedimento, que deve ser realizado ainda hoje no hospital Lifecenter. Clinicamente está com dor e a expectativa é que ele volte o mais rápido para o grupo. O ano não fechou para ele, não vai tirá-lo da temporada", encerrou o médico.

Cruzeiro