Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians vasculha mercado por "jogador do Carille" que já faz falta

Planejamento chefiado pelo presidente Andrés Sanchez já ocorre nos bastidores do Corinthians - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
Planejamento chefiado pelo presidente Andrés Sanchez já ocorre nos bastidores do Corinthians Imagem: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

23/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Prioridade para 2020 é contratar um atacante de lado que atue pela direita
  • Não há dinheiro em caixa, então o clube pretende fazer investida certeira
  • Jogador dessa característica é uma lacuna no elenco atual segundo Carille
  • Mesmo se Carille sair, foco neste jogador "ambicioso" continua valendo
  • Luan, do Atlético-MG, será novamente observado, como foi neste ano

Atualmente na quinta posição do Campeonato Brasileiro e brigando ponto a ponto por uma vaga direta na próxima edição da Copa Libertadores, o Corinthians já planeja seu ano de 2020 nos bastidores. Sem dispor de muito recurso financeiro para contratações, o clube planeja investidas pontuais para corrigir deficiências do elenco. O maior desafio no momento é encontrar um atacante de lado para jogar pela direita. É o mesmo perfil de jogador que o clube não conseguiu contratar para este ano.

O técnico Fábio Carille revelou recentemente sua insatisfação por não ter um "jogador qualificado que resolve" na posição para trabalhar em parceria com o centroavante escolhido, seja Boselli, Gustavo ou Vagner Love. No início do ano, o Corinthians tentou nomes como Róger Guedes, Gabigol e Rodriguinho, todos citados pelo comandante, e não chegou perto de contratá-los. Para 2020 a ideia é a mesma: um jogador consolidado - não uma aposta -, que seja raçudo e ambicioso e apareça na área.

Carille, caso seja mantido em 2020, pensa no Corinthians no esquema tático 4-1-4-1. Uma variação possível do que ele tem à disposição neste ano é centralizar Pedrinho como meia-direita, e assim uma vaga na ponta-direita seria preenchida pelo novo reforço. O treinador quer ver Pedrinho atuando como meia, assim como foi nas categorias de base do Corinthians, mas não fará uma adaptação tão radical sem tempo para treinar. Hoje, Pedrinho joga aberto e seu parceiro de associações pela direita não se consolidou. Já foram testados Júnior Urso, Sornoza, Gabriel, Matheus Jesus, Régis, Jadson, Vagner Love e Ramiro nos últimos meses.

Nenhum dos atacantes de lado que o elenco do Corinthians tem hoje é considerado apropriado para jogar aberto pela direita. Clayson, Everaldo e Janderson preferem o lado esquerdo e, segundo disse Carille, "parece que ficam tortos" jogando do outro lado. Por esse motivo, uma possível troca no comando técnico não faria os planos mudarem, porque a diretoria também reconhece o setor como uma carência.

Luan não saiu do alvo

Atacante do Atlético-MG tem contrato até abril de 2022 e esteve no alvo corintiano nesta temporada - Bruno Cantini/Atletico
Atacante do Atlético-MG tem contrato até abril de 2022 e esteve no alvo corintiano nesta temporada
Imagem: Bruno Cantini/Atletico

O atacante do Atlético-MG foi um dos alvos do começo do ano e teve em mãos uma proposta do Corinthians que não se concretizou - o clube paulista tentou trocar Luan pelo paraguaio Ángel Romero, que teve contrato até julho, mas a oferta foi recusada. As condições oferecidas para Luan e o pedido do técnico Fábio Carille balançaram o jogador na ocasião. Ele tem contrato até abril de 2022 e não saiu do alvo do Corinthians para o ano que vem. No mês passado, inclusive, teve conversas com o treinador e o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez.

O Corinthians sabe que valores em torno de R$ 4 milhões mais e a cessão de algum jogador podem convencer o Atlético-MG a liberar Luan. O estafe do jogador tem interesse na negociação, que não é considerada difícil. As conversas devem esquentar nas próximas semanas, mas o clube paulista pretende analisar outros nomes sugeridos por Carille e pelo departamento de análise de desempenho para fazer um investimento certeiro.

Davó não está no perfil

Atacante do Guarani tem dois gols na Série B - Reprodução/Facebook
Atacante do Guarani tem dois gols na Série B
Imagem: Reprodução/Facebook

Hoje, o jogador mais próximo de reforçar o Corinthians para 2020 é o jovem atacante Matheus Davó, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro pelo Guarani. Não é uma negociação simples, pois ele desperta interesse de outros clubes e demandará investimento financeiro - o time de Campinas possui 60% dos direitos econômicos. O valor estipulado por 100% é de cerca de R$ 4,5 milhões. O trunfo do Corinthians é a boa relação com os empresários do jogador, que também trabalham com nomes como Gabriel, Danilo Avelar e Matheus Jesus, entre outros.

Além de se encaixar no perfil de aposta, e não jogador consolidado, Davó também é mais visto como centroavante, e não ponta, ainda que o Corinthians entenda que ele pode ser usado na segunda linha de quatro do 4-1-4-1. O Corinthians vê o jogador como encaminhado, mas a negociação ainda depende de detalhes. O principal deles é a liberação: o Guarani só quer abrir mão de seu atacante após o Campeonato Paulista.

Corinthians