Topo

Santos pede que racistas e xenófobos deixem de torcer para o clube

Santos divulga comunicado contra o preconceito  - Reprodução
Santos divulga comunicado contra o preconceito Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

19/10/2019 10h12

O Santos reagiu de forma dura aos insultos de parte da torcida a jogadores do Ceará, durante partida pelo Campeonato Brasileiro na Vila Belmiro. Ontem, o clube usou as redes sociais para pedir que os torcedores preconceituosos deixem de torcer para o time e não compareçam aos jogos.

"Se você é racista, preconceituoso ou xenófobo, por favor, não compareça aos jogos do Santos FC, não seja Sócio Rei e não use nossos produtos oficiais. Melhor ainda: deixe de torcer para o Santos. Você não merece esse clube e não bem-vindo em nossa casa", postou.

No comunicado, o Santos ainda diz que a arquibancada é um espaço para "quase" todos, menos para racistas e xenófobos.

"Nossa arquibancada é espaço para quase todos: temos santistas de todas as raças, idades, origens, moradores de todas as partes do Brasil, gêneros, diferentes posições políticas, opções, gostos e credos. Só não temos espaço para preconceituosos", disse.

Na última quinta-feira, o meia Thiago Galhardo relatou que o volante Fabinho foi alvo de insultos preconceituosos durante a derrota para os paulistas.

Santos