Topo

Renato esconde baixas e faz mistério para semifinal: "Tudo pode acontecer"

Do UOL, em Porto Alegre

19/10/2019 19h33

Renato Gaúcho tratou de fazer mistério. Com dúvidas no time titular para o jogo de volta da fase semifinal da Libertadores, quarta-feira, contra o Flamengo, Portaluppi não deu qualquer informação aos torcedores. Simplificando, disse que "tudo pode acontecer".

A manifestação veio após a derrota por 2 a 1 para o Fortaleza, pela 27ª rodada do Brasileirão. Porém, concluída a partida, o principal assunto foi a especulação sobre qual time gremista irá encarar o Rubro-Negro de olho em uma vaga na final da competição continental.

"Tudo pode acontecer na quarta-feira", disse quando questionado se estuda alguma alteração de sistema ou modelo para superar o Fla.

No jogo de ida, Grêmio e Flamengo empataram em 1 a 1 em Porto Alegre. Para avançar e decidir a Libertadores, é necessário vencer no Rio de Janeiro, ou empatar marcando dois ou mais gols. Em caso de empate em 1 a 1, a decisão será nos pênaltis.

A principal dúvida é na posição criativa do meio-campo. Jean Pyerre e Luan estão com a delegação gremista, mas ambos andam às voltas com lesões. Renato fez questão de esconder as situações dos dois. "Sobre os meus jogadores que não estão jogando, que estão entregues ao departamento médico, nenhuma informação. Até porque não temos informações do outro lado. Eu que falo sobre isso, não tem nenhuma notícia para passar até a hora do jogo", sentenciou.

O Grêmio perdeu a segunda seguida no Brasileiro e pode cair duas posições na tabela até o fim da rodada. Com 41 pontos, o Tricolor é sétimo colocado.

Grêmio