Topo

Hotel sofre ameaças e cancela reunião por afastamento de gestão do Cruzeiro

Hotel relatou ameaças por telefone e apedrejamento da fachada para justificar que não receberá mais reunião do Cruzeiro - Divulgação/Internet
Hotel relatou ameaças por telefone e apedrejamento da fachada para justificar que não receberá mais reunião do Cruzeiro Imagem: Divulgação/Internet

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

17/10/2019 13h36

O hotel de Belo Horizonte que seria palco de um encontro entre conselheiros do Cruzeiro informou que não poderá mais receber uma reunião, marcada para o dia 21, próxima segunda-feira. O motivo apontado pela empresa foram as ameaças recebidas e o apedrejamento da fachada do empreendimento.

A Assembleia extraordinária do Conselho Deliberativo do Cruzeiro foi agendada para que os conselheiros votem pelo afastamento ou não do presidente Wagner Pires de Sá. Para ocorrer o afastamento temporário, será preciso 50% dos votos mais um. Se isso acontecesse, um conselho gestor seria formado para administrar a entidade. Porém, em nota oficial publicada hoje (17), o Dayrell Hotel & Centro de Convenções relatou que não será mais palco do encontro.

"O Dayrell Hotel &Centro de Convenções vem comunicar que, em razão das ameaças telefônicas que vem recebendo ao longo desta semana e, notadamente, em razão do atentado sofrido nesta madrugada do dia 17 de outubro de 2019, consistente em arremesso de pedra contra sua fachada com bilhetes de conteúdo violento, a reunião do Conselho Deliberativo do Cruzeiro Esporte Clube que ocorreria no dia 21 de outubro de 2019 não mais se dará em nossas dependências, devendo as informações sobre novo local e horário ser verificadas diretamente com o referido clube ou seu Conselho Deliberativo.

Apesar de lamentar o ocorrido, o Dayrell Hotel reforça que prioriza a segurança e integralidade física de seus hóspedes e demais clientes. Por fim, esclarecemos que já estamos em contato com as autoridades policiais para investigação das ameaças e eventos acima mencionados", diz a nota.

A reunião que pode afastar o presidente Wagner Pires foi convocada por Zezé Perrella, presidente do Conselho Deliberativo e novo gestor de futebol do clube, função que passou a exercer após a saída de Itair Machado. O local da nova reunião ainda não foi anunciado pelo conselho do clube.

Cruzeiro